Edição do dia

Quarta-feira, 17 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
28.9 °
27.9 °
83 %
4.6kmh
40 %
Qua
28 °
Qui
29 °
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioÁsiaParlamento do Vietname aprova demissão do Presidente em plena campanha anticorrupção

      Parlamento do Vietname aprova demissão do Presidente em plena campanha anticorrupção

      O parlamento do Vietname aprovou ontem a demissão surpresa do Presidente, Vo Van Thuong, ao fim de um ano de mandato, no âmbito de uma campanha anticorrupção em curso em todo o país.

      A Assembleia Nacional, que segue as instruções da liderança do Partido Comunista do Vietname, votou à porta fechada para aprovar a saída do Presidente durante uma sessão extraordinária, informou o ‘site’ oficial de notícias Tuoi Tre.

      A queda do poder de Vo Van Thuong, de 53 anos, ocorre numa altura de grande agitação política no Vietname e que já levou à deposição do antecessor no cargo, no âmbito de uma campanha anticorrupção que levou também ao afastamento de vários ministros e ao julgamento de importantes líderes empresariais por fraude e corrupção. “As violações e as falhas do camarada Vo Van Thuong foram mal vistas pela opinião pública, afetando a reputação do Partido, do Estado e dele próprio”, afirmou a agência de notícias oficial VNA na quarta-feira.

      O Vietname é governado pelo Partido Comunista. Este regime autoritário é oficialmente dirigido pelo secretário-geral do partido, pelo Presidente e pelo primeiro-ministro, sendo as principais decisões tomadas pelo politburo, composto por 16 membros. Dezoito membros abandonaram o politburo desde 2021, incluindo um presidente, um vice-primeiro-ministro e um antigo ministro.

      Embora o Presidente seja o chefe de Estado, o homem forte do regime é o secretário-geral do partido, Nguyen Phu Trong, considerado o arquiteto da campanha anticorrupção, popular entre a opinião pública vietnamita. O vice-Presidente, Vo Thi Anh Xuan, foi nomeado Presidente interino até ser encontrado um substituto permanente.

      Vo Van Thuong tornou-se Presidente em 02 de março de 2023, na sequência da demissão surpresa do antecessor Nguyen Xuan Phuc. O acontecimento foi invulgar no Vietname, onde a estabilidade é valorizada e a mudança política é cuidadosamente orquestrada. Antes de Nguyen Xuan Phuc, apenas um outro presidente vietnamita se tinha demitido, por razões de saúde.

      Dois grandes julgamentos por fraude e corrupção tiveram início este mês, um em Hanói e outro na cidade de Ho Chi Minh (sul), envolvendo alguns dos maiores líderes empresariais do país.

      Não foram divulgados pormenores sobre as razões da saída de Vo Van Thuong, no entanto, no início deste mês, o Ministério da Segurança Pública vietnamita anunciou o alargamento de uma investigação a uma empresa de desenvolvimento de infraestruturas em três províncias, incluindo Quang Ngai (centro), onde Vo Van Thuong era anteriormente líder do partido.

      O Ministério declarou que a empresa Phuc Son era suspeita de falsificar as contas para fugir aos impostos, tendo os investigadores detido nove pessoas, incluindo cinco funcionários de Quang Ngai.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau