Edição do dia

Sábado, 22 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.9 ° C
31.9 °
30.9 °
79 %
4.1kmh
40 %
Sáb
31 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaDSEDT encontra-se com associações industriais e comerciais

      DSEDT encontra-se com associações industriais e comerciais

      A Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico (DSEDT) teve encontro, no final da semana passada, com os representantes da Federação da Indústria e Comércio de Macau Centro e Sul Distritos, Associação Industrial e Comercial da Zona Norte de Macau e Federação Industrial e Comercial das Ilhas de Macau, onde apelou aos comerciantes locais “que se preparem bem para a vinda dos turistas a Macau, de modo a encontrarem novas oportunidades de negócios”.

      O director da DSEDT, Tai Kin Ip, referiu que à medida que Macau optimiza as medidas antiepidémicas para a entrada em Macau, relaxando ainda mais as restrições à entrada em Macau a partir de Hong Kong, “prevê-se que o número de turistas durante o feriado da Festa da Primavera aumentará progressivamente”. “Espera-se que os comerciantes dessas zonas preparem com antecedência o abastecimento de bens e serviços e que façam uma boa gestão de recursos humanos, de forma a proporcionar uma experiência de qualidade aos turistas que visitam Macau”, vaticinou o responsável, considerando que, ao mesmo tempo, o território “está a preparar-se activamente para promover os produtos e serviços de alta qualidade junto dos turistas através de plataformas electrónicas”.

      Os representantes das associações industriais e comerciais, por seu turno, manifestaram que os comerciantes “colocaram expectativas na vinda de turistas a Macau e acreditam que com a melhor optimização das medidas antiepidémicas para entrada no território, o tráfego entre Hong Kong e Macau será gradualmente retomado”. “A publicidade precisa e a promoção aos turistas por meio electrónico impulsionarão o fluxo de pessoas e o ambiente de negócios nas zonas, o que contribuirão para promover o desenvolvimento da economia comunitária e impulsionarão a recuperação económica após epidemia”, notaram as associações.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau