Edição do dia

Quarta-feira, 7 de Dezembro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu limpo
17.9 ° C
21.6 °
17.9 °
72 %
7.2kmh
0 %
Qua
19 °
Qui
22 °
Sex
22 °
Sáb
22 °
Dom
21 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Ásia Bola da 'mão de Deus' de Maradona é leiloada por quase dois...

      Bola da ‘mão de Deus’ de Maradona é leiloada por quase dois milhões de euros

      A bola com a qual Diego Maradona marcou um dos golos à Inglaterra no Mundial1986, num lance que disse ser com a ajuda da “mão de Deus”, foi ontem leiloada por dois milhões de libras. A leiloeira Graham Budd, sediada em Londres, anunciou em outubro que esperava uma venda entre 2,5 (2,8 milhões de euros) e três milhões de libras (3,4 ME), bem acima da precedente venda recorde de 420.000 libras (479.000 euros) angariadas com a chama olímpica dos Jogos de Inverno Helsínquia1952. A bola ontem leiloada foi utilizada em 22 de Junho de 1986, no decorrer do jogo dos quartos de final do Mundial do México, em que a Argentina venceu a Inglaterra por 2-1, quatro anos após o conflito entre os dois países, com a guerra das Malvinas. No jogo ficaram para a história os dois golos de Maradona, o primeiro aos 51 minutos, num lance em que o árbitro não detetou a infração do jogador argentino, ao colocar a mão junto à cabeça, fazendo o movimento para desviar a bola. Maradona disse, a propósito do golo, que o mesmo foi marcado “um pouco com a cabeça, e um pouco com a mão de Deus”. Já o segundo golo, apontado poucos minutos depois, foi considerado o golo do século, num lance em que Maradona arrancou antes de meio-campo, fintou cinco adversários e apareceu a desviar do guarda-redes Peter Shilton, para fazer então o 2-0. A vitória abriu caminho para o título Mundial da Argentina, num torneio que consagrou Maradona como um dos melhores jogadores da história. “Esta bola faz parte da história do futebol internacional. É sem dúvida um bom momento para partilhar com o mundo”, disse o árbitro Ali Bennaceur, que era o proprietário da bola, citado pela leiloeira. Depois da morte de Maradona, aos 60 anos, em novembro de 2020, o árbitro tunisino disse à AFP não ter visto a mão, mas que teve dúvidas. Já em Maio, a camisola utilizada por Maradona no jogo foi leiloada pela Sotheby’s por 9,3 milhões de dólares (cerca de 8,9 milhões de euros).

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau