Edição do dia

Sábado, 22 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.9 ° C
31.9 °
30.9 °
79 %
4.1kmh
40 %
Sáb
31 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaWang Xiaoshu apresenta pinturas a óleo e aguarela

      Wang Xiaoshu apresenta pinturas a óleo e aguarela

      Organizada pela Associação de Caligrafia Delight (Macau), a exposição “Anos como Canções – Uma Exposição de Pinturas a Óleo e Aquarela de Wang Xiaoshu” foi apresentada na galeria Sands, no hotel Four Seasons, no Cotai. A mostra revela um total de 40 pinturas em três secções: “Rio da História”, “Vida no Presente” e “Traços do Tempo”. A exposição estará patente até 23 de Outubro.

      Durante os discursos na cerimónia de inauguração, o pintor admitiu que, enquanto presidente do Sindicato dos Artistas da Grande Baía, valoriza “​​particularmente esta oportunidade, pois é de grande importância para o reforço do intercâmbio e da comunicação com o círculo artístico e cultural de Macau”. “Espero ter criado peças de arte diferentes das que produzi antes e apresentar uma nova versão de mim mesmo perante as pessoas e artistas de Macau. Por isso, decidi focar em novos trabalhos nesta exposição e complementá-los com uma pequena selecção de trabalhos anteriores, a fim de permitir que os espectadores tenham uma compreensão abrangente de mim como artista”, disse Wang Xiaoshu, que referiu ainda ter feito “uma meticulosa jornada criativa de quatro meses para traduzir pensamentos e ideias em pinturas”.

      Já o curador da exposição, Lao Fu Ip, observou no seu discurso que, “como a primeira pintura a óleo da China ‘Retrato de Matteo Ricci’ foi criada em Macau, a cidade é considerada o local de origem do intercâmbio cultural entre a China e o Ocidente”. “É uma honra convidar Wang Xiaoshu para expor o seu trabalho em Macau, com o objectivo de trazer à cidade um banquete de arte ocidental através das suas pinturas a óleo e aguarela, e proporcionar uma sensação de prazer espiritual aos amantes da arte local”, considerou, acrescentando que Wang “é um mestre de arte que é habilidoso em várias formas de arte, incluindo óleo, aguarela, pintura tradicional chinesa e histórias em quadrinhos, e vem se dedicando à educação artística há muitos anos”.

      Por fim, o presidente da Sands China, Wilfred Wong, referiu que “a maioria das pinturas nesta exposição foram recém-criadas pelo artista, e a Sands China está muito honrada em fazer parte do evento fornecendo apoio ao local”. “A Sands China sempre apoiou a integração total de Macau no desenvolvimento da Grande Baía, e a galeria da Sands manifestou o papel de Macau como uma plataforma de intercâmbio cultural e artístico, reunindo obras de artistas da cidade, do continente e do estrangeiro, e apresentando o apelo da cidade como um caldeirão de diversas culturas”, notou.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau