Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.6 ° C
33.2 °
29.9 °
89 %
4.6kmh
40 %
Ter
31 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioÁsiaAustrália suspende licença de casino devido a ligações ao crime organizado

      Austrália suspende licença de casino devido a ligações ao crime organizado

       

      As autoridades australianas anunciaram ontem a suspensão da licença do casino operado pela Star Entertainment na cidade de Sydney, em resposta a uma investigação que revelou supostas ligações ao crime organizado. A Comissão Independente de Casinos do estado de Nova Gales do Sul (NICC, sigla em inglês) vai também impor uma multa de 100 milhões de dólares australianos à empresa.

      Numa conferência de imprensa, o comissário da NICC, Philip Crawford, explicou que as autoridades nomearam um gestor a partir de sexta-feira, data em que a suspensão entra em vigor, para que o casino continue aberto e mantenha os postos de trabalho. Crawford sublinhou que os reguladores da Austrália “consistentemente” se têm recusado a cancelar as licenças dos principais operadores de casinos do país, a fim de evitar despedimentos em massa.

      Segundo a investigação, o casino da Star Entertainment supostamente ocultou 900 milhões de dólares australianos como gastos de hóspedes que usavam cartões de crédito chineses, bem como ligações com um suposto mafioso asiático.

      Em Setembro, foi divulgado o relatório de uma investigação, ordenada pela NICC, a alegações de suposta lavagem de dinheiro e operações fraudulentas no casino, bem como supostas ligações com o crime organizado.

      O relatório – que encontrou sérios problemas de transparência e gestão – segue-se à descoberta em 2021 de uma série de violações éticas e legais nas operações de casinos na cidade de Melbourne.

      Em Fevereiro de 2021, a Crown Resorts, que operava casinos em Melbourne e Perth, anunciou que lhe foi negada uma licença pelas autoridades para abrir um enorme casino em Sydney devido a alegadas ligações ao crime organizado. A Autoridade Independente do Álcool e Jogo de Nova Gales do Sul agiu com base nas recomendações de um inquérito público que concluiu que a Crown Resorts tinha “facilitado” operações de branqueamento de dinheiro ligadas às Tríades chinesas e outros grupos de crime organizado.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau