Edição do dia

Sexta-feira, 12 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
26.9 ° C
27.1 °
25.9 °
89 %
2.6kmh
20 %
Sex
28 °
Sáb
30 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Ásia Seul, Tóquio e Washington iniciam exercícios conjuntos de detecção de mísseis

      Seul, Tóquio e Washington iniciam exercícios conjuntos de detecção de mísseis

       

      A Coreia do Sul, o Japão e os Estados Unidos iniciaram ontem exercícios militares de deteção de mísseis em águas próximas do Havai, face ao avanço do programa de armamento da Coreia do Norte.   As autoridades militares sul-coreanas confirmaram o início dos exercícios, que se realizarão até dia 14 e que contarão este ano com a participação da Austrália e do Canadá.

      Os três aliados – Tóquio, Seul e Washington – procuram intensificar a sua cooperação em matéria de segurança face ao número recorde de testes de mísseis realizados pela Coreia do Norte – 19 só neste ano – e à possibilidade de Pyongyang conduzir em breve um novo teste nuclear.

      No planeamento dos exercícios está previsto o destacamento de oito navios de guerra e dois porta-aviões para o arquipélago que faz parte dos EUA e a realização de manobras para melhorar a colaboração entre as forças participantes em termos de deteção, seguimento e transmissão de informação sobre mísseis balísticos.

      Os ministros de defesa dos três países, Lee Jong-sup, Nobuo Kishi e Lloyd Austin, concordaram em realizar estes exercícios em Julho passado, quando se reuniram no fórum de diálogo de Shangri-la, em Singapura.

      A Coreia do Norte, que tem estado completamente isolada do mundo exterior desde o início da pandemia, ignorou os pedidos de retoma de diálogo sobre o desarmamento e no ano passado aprovou um plano quinquenal de modernização do armamento, que está por detrás dos testes de mísseis que tem realizado e do teste nuclear que diz estar a preparar desde o início de 2022.

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau