Edição do dia

Quinta-feira, 18 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens quebradas
25.9 ° C
27.1 °
25.9 °
94 %
6.2kmh
75 %
Qua
28 °
Qui
30 °
Sex
31 °
Sáb
29 °
Dom
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Ásia Sri Lanka anuncia falha pagamento da dívida externa

      Sri Lanka anuncia falha pagamento da dívida externa

      O Sri Lanka, que enfrenta a pior recessão desde a independência, falhou ontem o pagamento da dívida externa de 51 mil milhões de dólares. O Ministério das Finanças disse que este era o “último recurso” para o país, com pouca divisa estrangeira, para importar bens essenciais.

      Os credores, incluindo os governos estrangeiros que emprestaram à nação do sul da Ásia, são livres de capitalizar os pagamentos que lhes eram devidos a partir desta tarde ou optar pelo reembolso em rupias do Sri Lanka, acrescentou. “O Governo está a tomar esta medida de emergência apenas como último recurso para evitar uma maior deterioração da situação financeira da república”, de acordo com um comunicado.

      O Ministério cingalês acrescentou que o incumprimento imediato da dívida era para assegurar “um tratamento justo e equitativo de todos os credores”, antes de ser posto em prática um programa de recuperação, com a ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI).

      O país tem sofrido graves carências de alimentos, combustível e eletricidade, bem como uma taxa de inflação elevada, o que levou a protestos antigovernamentais generalizados durante várias semanas.

      No ano passado, as agências internacionais de notação baixaram a classificação de crédito do Sri Lanka, impedindo o país de aceder aos mercados de capitais estrangeiros para empréstimos destinados a financiar a importação de alimentos, combustíveis e medicamentos.

      O Sri Lanka procurou alívio da dívida da Índia e da China, mas ambos os países ofereceram mais linhas de crédito para a compra de mercadorias a estes países. Milhares de pessoas manifestaram-se junto ao gabinete do Presidente do Sri Lanka, Gotabaya Rajapaksa, em Colombo, para exigir a demissão, na sequência da pior crise económica do país desde a independência em 1948.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau