Edição do dia

Sexta-feira, 24 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
aguaceiros fracos
25 ° C
25.9 °
24.9 °
94 %
4.6kmh
40 %
Qui
25 °
Sex
26 °
Sáb
27 °
Dom
28 °
Seg
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaFundação Rui Cunha acolhe palestra sobre histórias cinematográficas de Macau no século...

      Fundação Rui Cunha acolhe palestra sobre histórias cinematográficas de Macau no século XXI

      A Fundação Rui Cunha (FRC) vai receber hoje, pelas 19h, a professora Stacilee Ford, que traz ao público uma conferência sobre as histórias cinematográficas que retrataram Macau nos últimos tempos. Parte do “Ciclo de Palestras Públicas de História e Património”, organizado em conjunto com o Departamento de História e Património da Universidade de São José, o evento leva o nome “Imagens de Macau em Movimento: A Visão da RAE no Século XXI”, onde a oradora apresentará uma selecção contextualizada de documentários e produções cinematográficas, independentes e comerciais, que tenham passado por Macau ou que apresentam narrativas ligadas ao território.

      Stacilee Ford é historiadora cultural e reside em Hong Kong há mais de 30 anos, e lecciona na Faculdade de Artes da Universidade de Hong Kong no Departamento de História. O seu corpo de trabalho abrange temas como produção cultural interasiática e história das mulheres e de género, onde tem contribuído de forma consistente no Programa de Estudos de Género da mesma universidade. Dentro do tema da identidade cultural, interessa-se particularmente pelas mudanças históricas articuladas no cinema, na televisão e na cultura de consumo de Hong Kong e Hollywood. Em 2011 lançou o livro “Troubling American Women: Narratives of Gender and Nation in Hong Kong” publicado pela Hong Kong University Press.

      Na palestra de hoje a professora discutirá o cinema que retratou Macau na viragem do século XXI e as transformações que ocorreram na imagem que era transmitida internacionalmente sobre a região, afastando-se das caracterizações exóticas, muito comuns no Hollywood do período da Guerra Fria, passando a reconhecer a identidade e importância desta região especial administrativa no contexto global. Entre os vários assuntos a serem tratados neste encontro, Ford destaca a importância de certos filmes produzidos durante o início do século e o impacto que tiveram na formação de uma nova imagem sobre Macau, nomeadamente, “Adeus Macao” de Evans CHan (2000), “Sisterhood” de Tracy Choi (2016), “A City Called Macau” de Li Shaohong (2018) e “One More Chance” de Anthony Pun (2023).

      A palestra será apresentada em língua inglesa e vai decorrer durante 1h30, com entrada livre e aberta ao público.

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau