Edição do dia

Sábado, 25 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.4 ° C
28.2 °
25.9 °
94 %
4.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
26 °
Seg
27 °
Ter
29 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More

      Breves

       

      MACHADO DE ASSIS PARA MARINA COLASANTI

      A Academia Brasileira de Letras distinguiu a escritora Marina Colasanti com o Prémio Machado de Assis, um dos mais importantes galardões literários do Brasil. Autora de dezenas de títulos, entre contos, poesia, memórias e livros para os mais novos, Colasanti receberá o prémio no próximo mês de Julho, numa cerimónia que assinala o 126º aniversário da Academia. Há mais de duas décadas que o Machado de Assis não era entregue a uma mulher, tendo a escritora Ana Maria Machado sido a última autora distinguida com o prémio, em 2001. «Estou muito emocionada, não esperava. Mas acho que sou merecedora porque tenho uma obra extensa. Nunca escrevi romance, mas muitos contos, minicontos, contos infantis, contos estranhos», disse a escritora site da Academia Brasileira de Letras.

      (para a legenda da fotografia da autora, é preciso dar os créditos da foto à Agência Brasil)

      OUTSIDERS EM INGLÊS

      No número 74 da revista de poesia 聲韻詩刊 Voice & Verse, de Hong Kong, haverá uma secção em língua inglesa dedicada ao tema “Outsiders” com edição e coordenação de Tammy Lai-Ming Ho. Poetas e tradutores estão convidados a enviarem as suas propostas, cumprindo a regra de os poemas serem inéditos, escritos em inglês ou traduzidos para este idioma, até ao próximo dia 31 de Julho. O email é o seguinte:

       

      TEOLINDA GERSÃO RECEBE PRÉMIO DST

      A 28ª edição do Grande Prémio de Literatura dst distingui a escritora Teolinda Gersão e o livro O Regresso de Júlia Mann a Paraty (Porto Editora). A entrega do prémio acontece esta noite, numa cerimónia marcada para o Theatro Circo, em Braga. O Grande Prémio de Literatura dst é um prémio literário instituído pela Imobiliária Teixeira & Filhos, actualmente denominada Domingos da Silva Teixeira, criado em 1995 e destinado a galardoar anualmente uma obra em português, de autor português nascido e residente no território nacional. No valor de 15 000 euros, o prémio distingue, alternadamente, edições de prosa e poesia, em primeira edição, no biénio que os precedeu.Jacinto Lucas Pires, Maria Velho da Costa, Luísa Costa Gomes, Mário Cláudio, e Lídia Jorge foram alguns dos autores distinguidos nos últimos anos.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau