Edição do dia

Quinta-feira, 22 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
neblina
21.9 ° C
25.4 °
20.9 °
100 %
3.1kmh
75 %
Qui
23 °
Sex
21 °
Sáb
20 °
Dom
21 °
Seg
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Turismo espera 120 mil entradas de visitantes por dia durante feriados do...

      Turismo espera 120 mil entradas de visitantes por dia durante feriados do Ano Novo Lunar

      Durante a Semana Dourada do Ano Novo Chinês, Macau deverá receber 120 mil turistas por dia e a taxa de ocupação hoteleira deverá atingir os 90%. Helena de Senna Fernandes, directora dos Serviços de Turismo, diz que a maior fonte turística continua a ser de Hong Kong e do Continente, mas promete mais promoções nos próximos meses em Lisboa, Tóquio, Singapura e outros lugares, para aumentar a ocupação do mercado de turistas internacionais.

       

      A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) estima que as entradas de turistas podem atingir uma média diária de 120 mil pessoas durante os feriados do Ano Novo Lunar, que vêm principalmente do interior da China e de Hong Kong. A estimativa é calculada por base do número de turistas nos últimos dias, que se cifrou entre 90 mil e 100 mil por dia, e é habitual a recepção de visitantes ser ainda maior na Semana Dourada do Ano Novo Chinês.

      O organismo planeia também organizar várias actividades festivas e espectáculos itinerantes durante o período de forma a incentivar a atracção de turistas. Segundo revelou Helena de Senna Fernandes, que lidera a DST, as Danças do Leão, Parada de Celebração e espectáculo de fogo-de-artifício de celebração do Ano Novo Lunar de Macau “foram incluídos no Programa de Actividades ‘Feliz Ano Novo Chinês’ do Ministério da Cultura e Turismo do Governo Central”, e que serão “o destaque das actividades realizadas no território”. “Espera-se muito conseguirmos atingir uma média diária de 120 mil chegadas de turistas entre o primeiro e o oitavo dia do Ano Novo Lunar (entre 10 e 17 de Fevereiro), porque nessa altura são férias públicas no interior da China”, disse.

      Recorde-se que a DST anunciou duas sessões da Parada de Celebração, que terão lugar nos dias 12 e 17 do mês, enquanto os três espectáculos de fogo-de-artifício vão estrear nos dias 12, 16 e 24 de Fevereiro.

      Helena de Senna Fernandes, citada pelo Jornal Ou Mun, adiantou que o Museu do Grande Prémio de Macau vai lançar ao mesmo tempo o novo Programa de Descoberta do Circuito da Guia, que será implementada durante o Ano Novo Chinês e de 24 de Fevereiro até 28 de Abril. O programa oferecerá uma vista de autocarro ao Circuito da Guia para quem tenha bilhetes do Museu do Grande Prémio. Este museu terá ainda novos carros em exposição, do piloto chinês Ma Qinghua, a partir de quarta-feira.

      A responsável apontou ainda a previsão da taxa de ocupação hoteleira, de 90%, durante o Ano Novo Chinês, e que a taxa registada na semana passada foi de cerca de 74%. “Instámos a indústria hoteleira a monitorizar os preços de quartos nas plataformas de reserva de viagens, para garantir que não aumentem drasticamente os preços e que o processo de ‘check-in’ seja suave”, frisou.

       

      MAIS FEIRAS DE PROMOÇÕES

       

      Helena de Senna Fernandes afirmou que o organismo vai se dedicar a mais actividades de promoção turística internacional este ano, incluindo feiras, promoção online e convites de visitas do sector do estrangeiro, para concretizar o “objectivo provisório” de atrair dois milhões de visitantes internacionais.

      Quanto à promoção de Macau na Europa, além de participar na feira de turismo espanhola, a DST vai marcar presença na Bolsa de Turismo de Lisboa, entre o final de Fevereiro e o início de Março. Na Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau em Abril, as autoridades irão também convidar os responsáveis de associações europeias de agências de viagem a visitar Macau.

      “A primeira grande feira de promoção ao ar livre deverá realizar-se em Tóquio no início de Março, seguindo-se Singapura em Abril, depois a Coreia do Sul, a Malásia, a Indonésia, a Tailândia, entre os outros, com vista a completar o programa até ao início de Julho deste ano”, avançou.

      Recorde-se que o território recebeu mais de um milhão de visitantes internacionais no ano passado e, em 2019, o respectivo volume foi de 3,1 milhões. A DST estima acolher dois milhões de turistas estrangeiros, sendo prevista a chegada total de turistas de 33 milhões pessoas em 2024.