Edição do dia

Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.9 ° C
18.9 °
15.9 °
77 %
2.1kmh
40 %
Qua
20 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
15 °
Dom
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Política Chefe encontrou-se com reitor da Universidade de Pequim para discutir cooperação na...

      Chefe encontrou-se com reitor da Universidade de Pequim para discutir cooperação na formação

       

      Ho Iat Seng encontrou-se ontem com Gong Qihuang, reitor da Universidade de Pequim, tendo a reunião abordado a cooperação entre Macau e o interior da China nos domínios do ensino superior e da formação de quadros qualificados.

      Segundo um comunicado divulgado após o encontro, o Chefe do Executivo sublinhou que a Universidade de Pequim é “a instituição de ensino superior mais antiga, de mais alto nível académico e a universidade nacional que se encontra entre as melhores a nível mundial”. Por outro lado, sublinhou que, nos últimos anos, tem-se registado um aumento constante de estudantes de Macau a estudar na Universidade de Pequim.

      O Chefe lembrou que o Governo da RAEM está apostada na diversificação da economia através da estratégia “1+4”, “impulsionando com determinação o desenvolvimento das quatro indústrias principais, para além de fomentar, ordenadamente, com Guangdong a construção da Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin”. O governante salientou que “os quadros qualificados são indispensáveis para tudo isto, e, por isso, espera que a Universidade de Pequim apoie continuadamente o desenvolvimento do ensino superior e a formação de quadros qualificados de Macau, e aprofunde o intercâmbio e a cooperação com as instituições de ensino superior locais”.

      Por seu turno, Gong Qihuang assinalou que esta foi a sua primeira visita a Macau e comentou que, durante a sua estada, a delegação da Universidade de Pequim visitou várias instituições de ensino superior de Macau, tendo assinado acordos de cooperação com a Universidade de Macau e a Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau. O reitor disse ter ficado “sensibilizado com a implementação bem-sucedida do princípio ‘um país, dois sistemas’ e as vantagens do sistema foram plenamente reflectidas”.

      Gong disse que espera que, no futuro, haja mais estudantes de Macau a prosseguirem os estudos na Universidade de Pequim e revelou ainda que a instituição tem mantido boas relações de cooperação com as instituições do ensino superior de Macau e, que no futuro, irá reforçar a cooperação a nível do ensino superior, formação de quadros qualificados e da indústria-universidade-investigação da medicina tradicional chinesa, entre outros, a fim de formar mais quadros qualificados para Macau.

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau