Edição do dia

Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.3 ° C
17.9 °
13.2 °
72 %
4.1kmh
40 %
Qua
20 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
15 °
Dom
19 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Grande China Banco central da China diz que país vai atingir meta de crescimento...

      Banco central da China diz que país vai atingir meta de crescimento de “cerca de 5%”

       

      A China vai atingir a meta de crescimento económico oficial de “cerca de 5%” este ano, enfatizou ontem o governador do Banco do Povo da China (banco central), Pan Gongsheng. Pan afirmou que, com o “efeito continuado das políticas de ajustamento macroeconómico”, a dinâmica de crescimento “reforçou-se”, com a “recuperação estável da produção e do consumo”, uma “melhoria global do emprego e dos preços”, um “saldo base da balança de pagamentos” e uma “tendência positiva dos indicadores principais”. As declarações do responsável foram feitas durante um fórum económico realizado em Pequim, no qual sublinhou que a China “manteve uma posição de liderança entre as principais economias do mundo”.

      O responsável afirmou ainda que a transformação económica da China “tem avançado de forma constante”, com um “rápido crescimento do investimento nas indústrias de alta tecnologia” e uma “contribuição do consumo para o crescimento económico de 83%”, durante os três primeiros trimestres do ano, o que “cria condições para manter a estabilidade económica e dos preços”. “A economia chinesa precisa de um ritmo razoável, mas o mais importante é alcançar um desenvolvimento sustentável e de alta qualidade, e mudar o tipo de crescimento económico é mais importante do que perseguir altas taxas de crescimento”, disse Pan.

      A economia da China vai crescer 5,4% este ano, mas abrandará para 4,6%, em 2024, devido à “contínua fraqueza” do mercado imobiliário e à “fraca” procura do exterior, previu na terça-feira o Fundo Monetário Internacional (FMI). O FMI afirmou que, a médio prazo, as suas projeções para a China apontam para uma diminuição gradual do ritmo de crescimento para cerca de 3,5% em 2028, devido a factores como a “fraca produtividade” e o envelhecimento da população.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau