Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.6 ° C
33.2 °
29.9 °
89 %
4.6kmh
40 %
Ter
31 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolítica"Desenvolvimento das indústrias de ciência e tecnologia na região está a ganhar...

      “Desenvolvimento das indústrias de ciência e tecnologia na região está a ganhar ímpeto”, diz Ho Iat Seng

      Ho Iat Seng esteve presente na 1.ª reunião plenária de 2023 do Conselho de Ciência e Tecnologia, que se realizou ontem, tendo aproveitado para reafirmar a aposta do Governo no sector da ciência e tecnologia. No discurso, o Chefe do Executivo assegurou que o Governo não poupa esforços para levar a actividade científica e tecnológica “a novos patamares”.

       

      Na 1.ª reunião plenária de 2023 do Conselho de Ciência e Tecnologia, que se realizou ontem, o Chefe do Executivo – que é também o presidente deste organismo – reiterou a aposta do Governo no sector.

      No discurso, o Chefe do Executivo começou por dizer que “o ano de 2023 é um ano crucial para o desenvolvimento económico da RAEM”. “À medida que a névoa epidémica se dissipa, o Governo acelera o planeamento da estratégia de desenvolvimento de diversificação moderada ‘1+4’, da qual a alta tecnologia é uma das componentes principais”, afirmou.

      Ho Iat Seng salientou que, para tal, “o Governo da RAEM está a melhorar activamente o sistema de inovação tecnológica, a optimizar o ambiente de desenvolvimento inovador e a atrair talentos de inovação tecnológica, não poupando a esforços para levar a actividade científica e tecnológica a novos patamares”.

      O Chefe do Executivo lembrou que Xi Jinping endereçou uma carta aos docentes e estudantes da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau (MUST, na sigla em inglês) depois do primeiro satélite científico espacial ‘Macau Science Satellite-1’, co-desenvolvido por Macau e pelo interior da China. Na carta, o Presidente “encorajou os trabalhadores do sector científico e tecnológico de Macau a ‘integrarem-se activamente no desenvolvimento global do país, a participarem activamente na construção da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau e a ajudarem a economia de Macau a desenvolver-se de forma adequada e diversificada'”, destacou agora o Chefe do Executivo.

      Ho sublinhou que “o Governo tomará medidas práticas para dar resposta à estratégia de desenvolvimento nacional e à profunda preocupação e expectativa sincera do Presidente Xi”. Além disso, “promoverá activamente a aplicação da ciência e da tecnologia para facilitar a modernização e a transformação das indústrias tradicionais; promoverá a incubação de projectos científicos e tecnológicos, continuará a identificar, introduzir e fomentar projectos científicos e tecnológicos excepcionais, e fomentará continuamente novas tecnologias, novas indústrias e novas formas de negócio; reforçará o desenvolvimento colaborativo das indústrias, apoiará a construção de plataformas de cooperação científica e tecnológica e atrairá projectos de inovação cirúrgica do interior da China para se estabelecerem em Macau; e continuará a aumentar o número de projectos de educação e tecnologia”, garantiu.

      “Estamos a integrar activamente o sistema nacional de inovação e a servir o desenvolvimento global do país”, afirmou Ho Iat Seng no discurso, sublinhando que o Governo tem participado activamente no desenvolvimento das indústrias de alta tecnologia na região, incluindo a aceleração da implantação de indústrias tecnológicas e a agregação de empresas, apoiando a organização de várias actividades de ciência e inovação na região e apoiando a investigação e o desenvolvimento conjuntos dos projectos de investigação científica de Macau na região e a transformação dos seus resultados”.

      O Chefe declarou ainda que, “actualmente, o desenvolvimento das indústrias de ciência e tecnologia na região está a ganhar ímpeto, oferecendo oportunidades significativas de desenvolvimento para o desenvolvimento económico moderadamente diversificado e a inovação tecnológica de Macau”.

      Por fim, Ho Iat Seng apelou a que os membros do Conselho de Ciência e Tecnologia se foquem na “promoção do desenvolvimento das indústrias tecnológicas e de inovação, reunindo a sabedoria e os pontos fortes dos sectores ‘Governo, indústria, academia e investigação’, para prestar um valioso aconselhamento e apoio às políticas de desenvolvimento tecnológico do Governo da RAEM”.