Edição do dia

Quarta-feira, 7 de Dezembro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
13.9 ° C
14.9 °
13.3 °
88 %
8.2kmh
20 %
Qua
20 °
Qui
21 °
Sex
22 °
Sáb
22 °
Dom
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Política RAEM escolhe deputados à Assembleia Popular Nacional em Dezembro

      RAEM escolhe deputados à Assembleia Popular Nacional em Dezembro

      Macau vai eleger 12 deputados para a 14.ª Assembleia Popular Nacional (APN), o mais alto órgão legislativo da República Popular da China, no próximo dia 12 de Dezembro, de acordo com uma decisão da reunião do comité da Conferência para a Eleição de Deputados da RAEM para a 14.ª APN que teve lugar no passado sábado, noticiou ontem a agência de noticias chinesa Xinhua.

      A conferência eleitoral realizou a sua primeira sessão plenária no início do dia, que contou com a presença de 469 membros. Um comité de 11 membros – incluindo o actual e o primeiro Chefe do Executivo da RAEM, Ho Iat Seng e Edmund Ho – foi eleito para presidir a conferência para a RAEM eleger os deputados para a 14.ª APN.

      Yang Zhenwu, secretário-geral do Comité Permanente da APN, que veio a Macau para presidir os trabalhos eleitorais, referiu que a eleição dos representantes da RAEM na APN “é uma prática de ‘um país, dois sistemas’, reflectindo que os compatriotas de Macau são os donos dos seus próprios assuntos”.

      O mesmo responsável sublinhou a necessidade de se desempenhar “as funções consagradas na Constituição do país e na Lei Básica da RAEM e de se estar ciente da linha de fundo da salvaguarda da segurança nacional”. “Devem ser feitos esforços para garantir que os deputados patrióticos, que representam o vasto público de Macau e têm fortes capacidades para participar e deliberar sobre assuntos de Estado, possam ser eleitos”, acrescentou Yang, citado pela Xinhua.

      Na reunião do comité, Ho Iat Seng foi eleito presidente permanente. O grupo de 11 membrosdecidiu que a nomeação dos candidatos a deputados da APN decorrerá de 22 a 28 de Novembro. Já a votação, essa terá lugar no dia 12 de Dezembro, na segunda sessão plenária da conferência eleitoral.

      De acordo com o método eleitoral delineado, serão eleitos em Macau um total de 12 deputados. Cada membro da conferência eleitoral está autorizado a nomear não mais de 12 candidatos. Os residentes de Macau com cidadania chinesa com idade igual ou superior a 18 anos são elegíveis para concorrer à candidatura e têm de obter pelo menos 15 nomeações dosmembros da conferência eleitoral para que o seu registo seja efectivo.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau