Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
31.7 ° C
34.8 °
30.9 °
89 %
5.1kmh
40 %
Ter
32 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeKiang Wu já não tem camas disponíveis para pacientes com Covid-19

      Kiang Wu já não tem camas disponíveis para pacientes com Covid-19

      O Hospital Kiang Wu já não tem camas disponíveis para doentes com Covid-19, noticiou o portal Macao News, numa altura em que o actual surto de Macau atingiu o seu pico, embora os casos mais graves tenham começado a aumentar.

      À TDM, o director-adjunto do Kiang Wu, Li Peng Bin, disse que apesar da diminuição do número de pacientes na sala de urgências do hospital privado, o número de casos graves aumentou nos últimos dias, com jovens e idosos a apresentarem sintomas mais graves, principalmente falta de ar.

      “As urgências do hospital estão a tratar cerca de 600 pacientes por dia, o dobro do número de há algumas semanas. Contudo, a linha directa [para casos de Covid-19] aliviou a pressão sobre o pessoal do hospital e reduziu o número de pacientes nas urgências”, disse o médico local Ieng Kam Tou, citado pela estação em língua chinesa.

      O médico Lei Man Chon indicou à TDM que a maioria do pessoal médico infectado com Covid-19 que ainda não recuperou totalmente, pediu para voltar ao trabalho para ajudar os colegas na luta contra a epidemia. “Muitos estavam de baixa por doença durante dois ou três dias com Covid, mas pediram para voltar ao trabalho quando a febre baixou e quando começaram a sentir-se melhor”, disse Lei.

      O cirurgião Kam Kun Chong disse que as cirurgias não foram afectadas, uma vez que o pessoal deste sector tomou medicamentos em tempo útil e conseguiu evitar ser seriamente afectado.

      Os funcionários do Hospital Kiang Wu disseram que irão reforçar o tratamento dos idosos, uma vez que este é o grupo mais vulnerável neste momento.

      Com o hospital completamente cheio, os funcionários apelaram às pessoas com Covid-19 para que tomassem primeiro os medicamentos fornecidos pelo Governo e só fossem ao hospital se a sua situação de saúde não melhorasse.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau