Edição do dia

Quarta-feira, 17 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.5 ° C
29.8 °
26.9 °
94 %
3.1kmh
40 %
Qua
28 °
Qui
28 °
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeUPM e Federação de Juventude de Nansha Guangzhou aumentam cooperação

      UPM e Federação de Juventude de Nansha Guangzhou aumentam cooperação

      A Universidade Politécnica de Macau (UPM) e a Federação de Juventude de Nansha Guangzhou assinaram, recentemente, o “Acordo sobre a Construção Conjunta da Base de Intercâmbio e Cooperação dos Jovens Falantes de Chinês e Português na Área da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” que visa aprofundar a construção da plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa e incentivar mais jovens de Macau a deslocarem-se à Grande Baía para intercâmbio em matéria de inovação e empreendedorismo, anunciou ontem a universidade em nota de imprensa.

      No âmbito deste acordo, foi oficialmente inaugurada a “Base de Intercâmbio e Cooperação dos Jovens Falantes de Chinês e Português na Área da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau”, marcando uma nova jornada na cooperação entre Macau e Nansha na formação de talentos jovens e na construção de Uma Faixa, Uma Rota, reforçando e elevando ainda mais o papel de Macau como plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa, bem como promovendo a integração de Macau no desenvolvimento do país.

      A cerimónia de assinatura do acordo e a cerimónia de inauguração da “Base de Intercâmbio e Cooperação dos Jovens Falantes de Chinês e Português na Área da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau” tiveram lugar na Base de Empreendedorismo Juvenil de Guangdong-Hong Kong-Macau situada na Innovation Bay de Nansha.

      O membro permanente e chefe do departamento de organização do Comité Distrital de Nansha, Zhang Jiabingreferiu, no seu discurso, que, ao longo dos tempos, se tem estabelecido uma estreita relação de cooperação entre Nansha e Macau, cujos resultados foram frutíferos. Por sua vez, o reitor da UPM, Im Sio Kei, afirmou que a universidade integra-se activamente no desenvolvimento nacional, persistindo no princípio “enraizado em Macau e apoiado pela mãe-pátria, enfrentar o mundo e procurar a excelência”.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau