Edição do dia

Quarta-feira, 17 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.5 ° C
29.8 °
26.9 °
94 %
3.1kmh
40 %
Qua
28 °
Qui
28 °
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaInstituto de Formação Financeira organizou 352 acções de formação em três anos

      Instituto de Formação Financeira organizou 352 acções de formação em três anos

      Nos últimos três anos, o Instituto de Formação Financeira (IFF) tem vindo a organizar 352 acções de formação e 17 palestras temáticas, indica um comunicado da Autoridade Monetária de Macau (AMCM). Estes eventos contaram com a participação de 13.369 pessoas; tendo contado com 418 participantes nos cursos de qualificação profissional.

      A AMCM diz ainda que foram disponibilizadas pelas instituições financeiras 191 vagas de estágios de Verão aos estudantes universitários. Desde a sua criação em 2002, o IFF disponibilizou acções de formação financeira de diversa natureza a 150 mil pessoas, tendo ministrado, anualmente, em média, formação a cerca de 7.500 pessoas.

      Além disso, nos últimos três anos, para além da organização de acções de formação respeitantes às áreas bancária e seguradora, o IFF também ministrou cursos nas áreas do mercado de títulos, gestão de fortunas, tecnologias financeiras, locação financeira e operações em RMB.

      Por fim, a AMCM assinala que o IFF realizou, em cooperação com as associações profissionais e as instituições de ensino superior em Macau, os cursos de qualificação profissional, nomeadamente, “Registered Financial Consultants” (RFC), “Certified Financial Management Planner” (CFMP), “Certified Banker” (CB), “Accredited Banking Practitioner” (ABP).

      “Com vista a reforçar o contributo do sector financeiro à promoção da diversificação adequada da economia, o Governo da RAEM desenvolve os trabalhos respeitantes à optimização das infraestruturas corpóreas e incorpóreas no âmbito dos novos ecossistemas sectoriais que são considerados como os novos sectores de crescimento, nomeadamente, o mercado de títulos, a gestão de fortunas e a locação financeira. Neste contexto, os recursos humanos desempenham um papel crucial para o desenvolvimento sustentável deste sector”, lê-se no comunicado da AMCM.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau