Edição do dia

Terça-feira, 7 de Fevereiro, 2023
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
17.9 ° C
19.9 °
17.9 °
94 %
1kmh
40 %
Seg
20 °
Ter
22 °
Qua
19 °
Qui
20 °
Sex
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More

      Breves

      PORTUGAL EM COGNAC
      A próxima edição do LEC – Festival des Littératures Européennes de Cognac, em França, terá Portugal como país convidado. Com cartaz desenhado pela ilustradora Catarina Sobral, o LEC decorrerá entre os próximos dias 17 e 20 de Novembro, contando com a presença de vários autores portugueses que participarão em debates, conversas com leitores, sessões para estudantes e outros momentos de partilha.

       

      FEIRA DE PEQUIM ADIADA
      A edição anual da Feira Internacional do Livro de Pequim tinha o seu início marcado para o passado dia 24 de Agosto, mas dois dias antes do início do certame, a organização divulgou um comunicado que anunciava o seu adiamento para Novembro, entre os dias 24 e 27. O comunicado limitava-se a pedir desculpa aos participantes, editores e livreiros da China e de mais de uma centena de países, sem avançar motivos para o adiamento. O site Publishing Perspectives, que acompanha os movimentos do mercado editorial e livreiro mundial, referiu no entanto que muitos participantes já anteviam a mudança de datas por causa do aumento de casos de Covid-19 em território chinês e da política de “Zero Casos” que o governo da RPC tem tentado aplicar. Em Novembro, a Feira Internacional do Livro de Pequim regressará, instalando-se no Centro Internacional de Exposições, na capital chinesa.

       

      FRANKFURT A TODO O VAPOR
      Depois de dois anos de estagnação, entre cancelamentos e programas virtuais impostos pela pandemia, a Feira do Livro de Frankfurt prepara um regresso em grande. De 19 a 23 de Outubro, a 74ª edição da mais importante feira editorial do mundo acolhe mais de 4 mil expositores, entre editores, agentes literários e grupos ou grandes conglomerados editoriais oriundos de 80 países. Com Espanha como país convidado, a Feira de Frankfurt prepara para este ano uma programação forte dedicada à tradução, com debates, palestras e reuniões de trabalho sobre esse ofício indispensável para a circulação de livros. O escritor de origem paquistanesa Mohsin Hamid, o Prémio Nobel Abdulrazak Gurnah, a activista climática Luisa Neubauer, a ensaísta espanhola Irene Vallejo, o escritor ucraniano Serhij Zhadan, e a autora marroquina Leïla Slimani fazem parte da extensa lista de autores confirmados.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau