Edição do dia

Quarta-feira, 5 de Outubro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29.9 ° C
31.9 °
29.9 °
79 %
6.7kmh
20 %
Qua
30 °
Qui
29 °
Sex
29 °
Sáb
28 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Associação dos Embaixadores do Património de Macau promove formação

      Associação dos Embaixadores do Património de Macau promove formação

      Com o intuito de promover a educação do património cultural de Macau, preservar e transmitir a história e cultura locais, bem como implementar o conceito de “cuidar do património”, a Associação dos Embaixadores do Património de Macau volta a promover mais uma das suas acções de formação.

      A 15.ª edição do programa de formação de embaixadores do património de Macau é financiada pelo Fundo de Desenvolvimento Cultural e apoiado pelo Espaço M-Axis, estando agora aberto para candidaturas. O curso abrange temas como a história de Macau, a introdução da cidade histórica de Macau, estilos arquitectónicos chineses e ocidentais, bem como o estudo da Lei de Protecção do Património Cultural, gestão do património cultural e competências docentes inglesas. O programa é complementado por visitas de estudo.

      As visitas de estudo integram teoria e prática, permitindo aos participantes confirmar o que aprenderam nas aulas. Após a conclusão de todos os cursos acima mencionados e aprovação na avaliação, os estudantes receberão um certificado de conclusão e o título de “Embaixador do Património de Estágio” e participarão num estágio de um ano. Para incentivar a participação, são atribuídos diferentes prémios em cada fase do programa e aos primeiros dez embaixadores seleccionados com distinção será dada a oportunidade de realizar actividades de intercâmbio do património mundial em todo o mundo.

      Citada por um comunicado de imprensa, a vice-presidente da Associação dos Embaixadores do Património de Macau e coordenadora da formação, Ng Chi Wai, afirmou que o programa “visa promover a sensibilização dos jovens de Macau para a conservação do património, aprofundar o interesse dos participantes na história de Macau e na sua história e cultura, e reforçar o seu sentimento de pertença ao país e a Macau”.

      As inscrições para o programa de formação estão abertas até 7 de Setembro a todos os residentes de Macau com idades compreendidas entre os 16 e os 29 anos, que estejam interessados na história de Macau. Os participantes seleccionados devem pagar um depósito de 500 patacas antes do curso e receberão um reembolso de 80% após a conclusão do mesmo.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau