Edição do dia

Terça-feira, 21 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nevoeiro
25.6 ° C
25.9 °
24.8 °
89 %
4.1kmh
40 %
Ter
26 °
Qua
25 °
Qui
25 °
Sex
26 °
Sáb
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaOperadoras consideram nova lei do jogo essencial para desenvolvimento de Macau

      Operadoras consideram nova lei do jogo essencial para desenvolvimento de Macau

      Duas concessionárias e uma subconcessionária de casinos em Macau consideraram a revisão da lei do jogo, aprovada na terça-feira, essencial para o desenvolvimento do território. A concessionária Sociedade de Jogos de Macau Resorts (SJM), fundada por Stanley Ho, afirmou confiar na “contínua futura presença em Macau” e estar a preparar a proposta para o novo concurso, uma vez que as atuais licenças de jogo terminam em 31 de Dezembro e o Governo quer avançar com um concurso público para atribuir novas concessões, de acordo com um comunicado. Também a concessionária Galaxy Entertainment Group (GEG) indicou, numa nota, que, “encorajada pela aprovação da proposta”, vai apoiar o Governo de Macau e o desenvolvimento sustentável da indústria do jogo, ao mesmo tempo que se prepara para “o concurso de atribuição de novas concessões”. A Melco Resorts, subconcessionária liderada por Lawrence Ho, filho de Stanley Ho, salientou, em comunicado, a importância o novo diploma que “promove a sustentabilidade e desenvolvimento saudável da indústria do jogo em Macau para benefício da comunidade” local. Na terça-feira, a concessionária Wynn e as subconcessionárias Sands China e MGM China tinham destacado o processo legislativo eficiente e bem-sucedido, ferramenta necessária para “o desenvolvimento saudável e sustentável” da indústria do jogo no território, de acordo com comunicados das três empresas.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau