Edição do dia

Terça-feira, 9 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
27.9 ° C
27.9 °
26.9 °
83 %
5.1kmh
20 %
Seg
28 °
Ter
28 °
Qua
29 °
Qui
28 °
Sex
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Nova aplicação móvel do código de saúde já foi descarregada por 53...

      Nova aplicação móvel do código de saúde já foi descarregada por 53 mil pessoas

      A coordenadora do Núcleo de Prevenção e Doenças Infecciosas e Vigilância da Doença, Leong Iek Hou, reconheceu que, estando ainda na sua versão experimental, há espaço para que a nova aplicação possa ser aperfeiçoada. As autoridades sanitárias anunciaram ainda que diversos serviços públicos vão tentar, ainda este mês, afixar um código QR nas suas instalações para ajudar os cidadãos no registo do seu itinerário.

      O Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus revelou ontem que cerca de 8% da população já descarregou a nova aplicação móvel do código de saúde, apresentada no passado dia 18 de Novembro e que ainda se encontra na sua versão experimental. Um total de 53 mil pessoas têm feito uso da ferramenta, essencialmente para produzir o habitual e quase obrigatório código de saúde.

      “Parece-nos que as pessoas que descarregaram esta aplicação estão satisfeitas com a utilização para fazer o código de saúde. Tem funcionado bem. Os Serviços de Saúde estão a trabalhar de forma contínua a recolher as opiniões da população aperfeiçoando a aplicação”, notou a coordenadora do Núcleo de Prevenção e Doenças Infecciosas e Vigilância da Doença, Leong Iek Hou.

      A médica considerou, no entanto, que há espaço para que possa ser aperfeiçoada. “Para melhor promover a sua utilização, os serviços públicos vão tentar, ainda este mês, afixar um código QR nas suas instalações para que os cidadãos possam efectuar o registo do seu percurso e itinerário. Gostaria de apelar à população para descarregarem esta aplicação porque esta aplicação é mais estável do que a versão desktop e traz maiores facilidades e conveniências. Para além da função do código de saúde, ainda são acrescidas as funções de verificação de risco e registo de itinerário”, afirmou aos jornalistas.

      Recorde-se que a aplicação está a ser altamente testada em grandes eventos como o Grande Prémio de Macau ou o Festival de Gastronomia. Posteriormente será, gradualmente, alargada a sua utilização para entrada e circulação em espaços comerciais, no sentido de criar uma “lista negra de alto risco” em caso de aparecimento de casos de infecção por SARS-Cov-2, assumiram os Serviços de Saúde no dia da sua apresentação.

      Dados relativos ao dia de ontem mostram que foram administradas até ao momento 903.143 doses de vacinas contra a Covid-19. 481.542 pessoas foram inoculadas, sendo que a primeira dose já foi administrada a 56.532 indivíduos e 417.806 pessoas estão totalmente imunizadas, com duas doses. 7.204 pessoas já foram vacinadas com a terceira dose. A percentagem da população vacinada com duas doses da vacina, é de 70,49%. Nas últimas 24h, ocorreram cinco notificações de eventos adversos (cinco eventos adversos ligeiros e nenhum grave, tendo sido três casos relacionados com a vacina inactivada da chinesa Sinopharm e dois casos da vacina mRNA da germânica BioNTech). Desde o início do programa de vacinação em Macau que ocorreram 3.780 notificações de eventos adversos, tendo sido a sua maioria (3.770) considerados adversos ligeiros e apenas 10 graves.

      DEIXE UMA RESPOSTA

      Por favor escreva o seu comentário!
      Por favor, escreve aqui o seu nome