Edição do dia

Terça-feira, 9 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
27.9 ° C
27.9 °
26.9 °
83 %
5.1kmh
20 %
Seg
28 °
Ter
28 °
Qua
29 °
Qui
28 °
Sex
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Desporto Ex-lateral do Ka I sofre enfarte em partida de futevólei e morre...

      Ex-lateral do Ka I sofre enfarte em partida de futevólei e morre no Brasil  

       

      Evoluiu, já em final de carreira, no território com as cores do Windsor Arch Ka I. O antigo lateral-direito brasileiro Adans sofreu um enfarte do miocárdio e morreu este domingo em Blumenau, enquanto competia no Campeonato Catarinense de futevólei. Tinha 38 anos.

       

      Gonçalo Lobo Pinheiro

       

      O antigo lateral-direito brasileiro Adans morreu no passado domingo após sofrer um enfarte do miocárdio fulminante durante uma partida de futevólei a contar para o Campeonato Catarinense da modalidade, em Blumenau, no estado de Santa Catarina, no sul do Brasil.

      O ex-jogador de futebol, de 38 anos, sentiu-se mal enquanto jogava e teve de ser socorrido. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar de Blumenau, Adans recebeu ajuda de primeiros socorros ainda no local, mas não resistiu à paragem cardíaca e morreu.

      Adans João Santos Alencar, natural de Goioerê, município brasileiro no interior do estado do Paraná, encerrou a carreira de futebolista profissional em Macau, alinhando com a camisola do Windsor Arch Ka I, equipa que esse ano ficou em quinto lugar na Liga de Elite e quedou-se pelos quartos-de-final da Taça de Macau.

      Ao PONTO FINAL, o antigo companheiro de equipa William Carlos Gomes mostra-se destroçado. “Estou muito triste, muito mesmo. Era um grande amigo. Uma pessoa muito alegre e tinha um coração muito lindo. O que lhe aconteceu fez-me reflectir sobre a condição do atleta em Macau. Até eu penso já em fazer exames para ver se está tudo bem comigo”, afirmou o avançado brasileiro.

      William revelou que Adans deixa uma filha pequena e a mulher, numa altura em que tinha planos para regressar à China. “Estava no Brasil por causa da Covid-19, porque ele tinha planos para regressar e trabalhar na China.”

      Baiano relembra Adans. “Situação muito triste. Vivemos os mesmos sonhos. Para além de estarmos na mesma equipa, vivíamos perto, em Zhuhai. Ainda nem acredito que ele já não está mais presente entre nós. Espero que descanse em paz, porque era uma pessoa espectacular, da melhor qualidade”, referiu o jogador com vínculo ao Cheng Fung, mas que também está impedido de entrar no território devido às restrições sanitárias do combate à Covid-19.

      O médio defensivo lembra um episódio, também referido por William, que é revelador de que Adans podia padecer de algum problema cardíaco. “Uma vez ele, enquanto jogava contra o CPK, caiu inanimado no relvado e todos ficámos assustado com aquilo. Ele deve ter ficado um minuto ou minuto e meio desacordado. Quando acordou, voltou a jogar normalmente como se nada fosse”, revelou Baiano, que, na altura, questionou o colega e a sua mulher, e ele disse que “era normal” acontecer de vez em quando.

      Baiano concorda com a ideia de que, muito provavelmente, Adans padecia de algum problema cardíaco, mas que nunca fora diagnosticado nas habituais baterias de testes efectuadas pelos clubes que passou ao longo da carreira. “Há problemas que nunca aparecem nos exames, ou então fazem vista grossa, não sei. Nós nunca sabemos a verdade sobre os testes que fazemos. É muito grave”, desabafou o atleta brasileiro de 37 anos.

      Além de ter actuado pelo Ka I, Adans vestiu a camisola do Brusque, entre os anos 2004 e 2005, e do Marcílio Dias, em 2006 e entre 2010 e 2011.

      Defendeu ainda as cores do Atlético Mineiro por três temporadas, de 2000 a 2002. Também actuou pelo Criciúma, em 2007. Acumulou ainda passagens pelo Veranópolis, Brasil de Pelotas, São Bernardo, São José, Esportivo, GE Brasil, 15 de Novembro, Colatina-SE, Cascavel, Paranavaí e União Frederiquense.

      O Brusque, em publicação nas redes sociais lamentou a morte do antigo atleta. “É com pesar que recebemos a notícia do falecimento do ex-lateral Adans João Santos Alencar, que jogou em 2004 e 2005 pelo Brusque. Desejamos força e que Deus conforte o coração dos familiares e amigos.”

      Também o Marcílio Dias, entretanto, emitiu uma nota de pesar pelo desaparecimento de Adans. “O Marcílio Dias lamenta a morte do ex-lateral-direito Adans João Santos Alencar, de 38 anos, que faleceu neste domingo de um mal súbito. Adans teve duas passagens pelo Marinheiro, em 2006, e em 2010/2011. Nossos mais sinceros sentimentos a toda a família e amigos.”

      O Criciúma também se mostrou pesaroso quanto à morte do ex-atleta. “O Criciúma lamenta o falecimento neste domingo do ex-jogador Adans João Santos Alencar. O ex-lateral direito tinha 38 anos e teve uma passagem pelo clube em 2007. Prestamos condolências aos amigos e familiares de Adans.”

       

      PONTO FINAL

      DEIXE UMA RESPOSTA

      Por favor escreva o seu comentário!
      Por favor, escreve aqui o seu nome