Edição do dia

Terça-feira, 16 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.1 ° C
27.1 °
25.9 °
94 %
1.5kmh
40 %
Seg
26 °
Ter
28 °
Qua
28 °
Qui
28 °
Sex
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioDesportoBenfica e Sporting procuram fora a vitória que falharam em casa na...

      Benfica e Sporting procuram fora a vitória que falharam em casa na Liga Europa

      O Benfica, em Glasgow, e o Sporting, em Bérgamo, têm de arrebatar hoje, em reduto alheio, a vitória que falharam em casa se quiserem conquistar um lugar nos quartos de final da Liga Europa em futebol.

       

      Face ao ‘desaparecimento’ da regra dos golos fora, ‘águias’, que empataram 2-2 com o Rangers na Luz, e ‘leões’, após o 1-1 com a Atalanta em Alvalade, partem do ‘zero’, estando proibidos de perder, com qualquer igualdade a forçar prolongamento.

      Se, neste caso, o empate ainda persistir após 120 minutos, então tudo será decidido no desempate por grandes penalidades, sendo que, na sua história europeia, o Benfica (2-3) e o Sporting (1-2) têm desvantagem nessa matéria.

      Os encarnados procuram manter o pleno de apuramentos nos ‘oitavos’, repetindo 2009/10, 2010/11, 2012/13, 2013/14 e 2018/19, enquanto os ‘verdes e brancos’, eliminados em 2009/10 e 2011/12, tentam replicar 2017/18 e 2022/23, a época passada numa épica eliminatória com o Arsenal resolvida nos penáltis.

      A primeira equipa a entrar em acção é a liderada pelo alemão Roger Schmidt, que joga no Ibrox Stadium, onde empatou a dois golos na única visita, em 2020/21, na fase de grupos, também após um empate caseiro (3-3).

      O técnico dos encarnados deixou bem claro, no fim de semana, o quanto a prova é importante, ao fazer descansar, face ao Estoril Praia (3-1), na 25.ª ronda da I Liga, vários jogadores nucleares, casos de Rafa, Di María, João Neves e, de forma forçada, por castigo, o capitão Otamendi.

      Na Luz, o Benfica também apresentou o seu melhor ‘onze’, na visão de Schmidt, e não conseguiu vencer, num embate em que, a exemplo dos dois de há três anos, nunca liderou o marcador.

      Um penálti de Di María, aos 45+2 minutos, e um autogolo de Goldson, aos 67, anularam, ainda assim, os tentos de Lawrence, aos sete, e Sterling, aos 45+5, colocando tudo igualado para o embate do Ibrox Stadium.

      Com o factor casa do seu lado, o Rangers, que nunca perdeu na recepção a equipas lusas (oito vitórias e três empates), surge por cima, até porque está moralizado pela liderança do seu campeonato e o apuramento, no domingo, para as meias-finais da Taça, com um 2-0 no reduto do Hibernian – Fábio Silva marcou o segundo.

      Já depois de o Benfica definir o seu destino na prova, será a vez de o Sporting entrar em acção, em Bérgamo, onde esta época já empatou 1-1 na fase de grupos, então depois de um desaire por 2-1 em casa.

      A formação ‘leonina’, que nunca ganhou em Itália (cinco empates e 12 derrotas, em 17 jogos), também só conseguiu empatar em casa, a um golo, num jogo em que, ao contrário do Benfica, não se apresentou na máxima força.

      Rúben Amorim deixou fora do ‘onze’ Gyökeres e Hjulmand, que só entraram ao intervalo, e Pedro Gonçalves, ‘tocado’, poupando-os para Arouca, onde o Sporting venceu no domingo por 3-0, com o sueco e o dinamarquês a marcarem.

      O treinador ‘leonino’ passou, assim, a mensagem de que o mais importante é a I Liga, restando saber se, em Bérgamo, vai voltar a lançar uma equipa alternativa, que, em Alvalade, poderia ter custado a eliminatória.

      Paulinho, com um golo aos 17 minutos, ainda deu vantagem ao Sporting, mas Scamacca empatou, aos 39, num jogo em que os italianos somaram mais 10 remates (14 contra quatro), três deles aos ‘ferros’, e 32 ataques (58 contra 26) do que os ‘leões’.

      O resultado foi, porém, um empate, pelo que a margem de favoritismo da Atalanta é curta, até porque o conjunto de Bérgamo está numa série de cinco jogos sem ganhar, incluindo três empates, o último no domingo, no reduto da Juventus (2-2), na Serie A.

      No que respeita aos outros duelos da segunda mão dos ‘oitavos’, Liverpool, Marselha, Roma e AC Milan têm ‘pé e meio’ nos ‘quartos’, e o Bayer Leverksen está bem lançado, após o 2-2 na casa do Qarabag, com a emoção reservada para Londres, onde o West Ham recebe o Friburgo depois do desaire por 1-0 na Alemanha. Lusa

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau