Edição do dia

Terça-feira, 16 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.1 ° C
27.1 °
25.9 °
94 %
1.5kmh
40 %
Seg
26 °
Ter
28 °
Qua
28 °
Qui
28 °
Sex
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More

      Deserto

       

      1,

      Olhando para o horizonte

      não vi ninguém, nem um grão de areia

      só o deserto

       

      2,

      O deserto não é um fracasso

      mas sim um livro aberto, cheio de ossos

      sem ponto final

       

      3,

      Só o homem é o destino do homem

      mas para atingi-lo

      deve passar por um Deus

      para ser iluminado

       

      4,

      Nos meus olhos dos sessenta anos

      ainda cabe a vastidão infinita

       

      Por isso regozijo-me

      embora amanhã tenha de regressar

      para a cama pendurada no 43º andar

       

      5,

      O sol entrou nas sultanas

      abrindo os seus lábios doces

       

      Também abri os lábios, já secos

      para pedir água

      ao velhote que vende sultanas

       

       

      6,

      Nenhuma pedra é igual a outra

      o deserto não faz cópia

       

       

      7,

      Quem sou eu?

      eis a minha dúvida à presença de Deus

       

      O silêncio

      deu-me uma resposta infinita e única

       

      Por entre as pedras das pedras

      apanhei uma delas

       

      8,

      Nunca se vê uma ovelha a pastar

      mas todos os dias: uma tigela de pãezinhos com carne de borrego

      como pequeno almoço

       

      No menu um borrego inteiro assado: 1473 yuans

      você diz: caro, preço para turistas

       

      9,

      O Buda do Futuro diz:

      no mundo do prazer celestial

      todos podem viver até 8000 anos

       

      Lembrei-me de repente

      que hoje me esqueci de tomar o medicamento

       

      10,

      O Buda deita-se repetidamente

      não para descansar

      mas sim para ver bem

      se o homem ainda está ao seu lado

       

      11.

      Não há água

      então beba lágrimas que não devem cair em vão

       

      Aqui, a vida é pouca

      mas não falta razão para chorar

       

       

      12,

      Há tanta luz por todo o lado

      não me posso esconder nas minhas sombras

       

      Se não anoitecer

      o sol é um tirano

       

      13,

      Está a contar-me um segredo

      o deserto abriu o ouvido

      em cada grão de areia

       

      14,

      Olhando para baixo a partir do avião

      as montanhas ainda estão a correr

      como jovens

      cobertos de uma camada fresca de neve

       

      15,

      Nas profundezas do deserto

      sinto-me preso em grilhões mais largos do mundo

       

      O guarda da prisão não tem nada

      senão um rosto infinito

       

      16,

      Aqui não há sepultura

       

      Apenas nós

      lápides de nós que ainda estão a caminhar

       

      17,

      O deserto é inútil?

       

      Na cidade onde vivo

      o preço da areia para a construção civil voltou a subir

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau