Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
28.1 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeDilúvio provocou inundações e fez suspender as aulas

      Dilúvio provocou inundações e fez suspender as aulas

      Ao longo da manhã de ontem, a chuva fez-se sentir com intensidade em Macau e, por isso, as autoridades decidiram suspender as aulas. O dilúvio fez com que se registassem inundações em vários pontos da cidade, sobretudo na península. Por outro lado, o túnel da Praça de Ferreira do Amaral teve de ser temporariamente encerrado, tal como uma das vias para veículos do Posto Fronteiriço de Gongbei.

       

      O dilúvio que ontem se abateu sobre Macau, sobretudo durante a manhã, provocou inundações em várias zonas da cidade e obrigou as autoridades a suspenderem as aulas. Segundo os Serviços Meteorológicos e Geofísicos (SMG), a precipitação máxima na península foi de 65 milímetros por hora. Na Taipa, o nível de precipitação foi inferior, com 39,2 milímetros. Em Coloane, foi de 41,8 milímetros de precipitação.

      Ao longo de três horas, entre as 9h15 e 12h15, esteve em vigor o sinal de chuva vermelho. Às 12h45, os SMG decidiram cancelar todos os sinais de chuva intensa, depois de as faixas de chuvas fortes terem enfraquecido. Durante a tarde, também se dissipou a trovoada que se fez sentir durante a manhã.

      A chuvada provocou inundações no Porto Interior e em Mong Há, por exemplo. Foram publicados vários vídeos e fotografias nas redes sociais que mostravam várias vias alagadas. O deputado Pereira Coutinho publicou nas redes sociais imagens do Mercado Vermelho alagado, o que, segundo o próprio, prejudicou várias bancas. O Mercado Vermelho, recorde-se, reabriu na semana passada, depois de dois anos em obras de requalificação.

      Além disso, devido ao mau tempo, as autoridades decidiram encerrar temporariamente a via de entrada de veículos do Posto Fronteiriço de Gongbei, bem como o túnel da Praça de Ferreira do Amaral.

      Na manhã de ontem, a Direcção dos Serviços de Educação e de Desenvolvimento da Juventude (DSEDJ) anunciou a suspensão das aulas dos ensinos infantil, primário, secundário e especial. “As escolas devem manter as suas instalações e respectivo pessoal em funcionamento, ocupando e acolhendo os alunos que cheguem às escolas, até que o seu regresso a casa se possa fazer em segurança”, lia-se num comunicado divulgado ontem de manhã.

      Para hoje, os SMG prevêem que o céu continue nublado e com aguaceiros ocasionais. Haverá também períodos de trovoada. A temperatura deverá oscilar entre os 24°C e os 28°C. Amanhã, o céu deverá continuar muito nublado, mantendo-se os aguaceiros ocasionais, sendo que a temperatura deverá ser ligeiramente mais alta. Segundo as previsões dos SMG, a chuva e as trovoadas vão continuar a fazer-se sentir no território durante o resto da semana, pelo menos.

       

      Verão com possibilidade de ocorrência de precipitação “extremamente forte”

       

      Segundo as previsões climáticas sazonais para este Verão, publicadas recentemente pelos SMG no seu site, é esperada uma precipitação normal, “com possibilidade de ocorrência de precipitação extremamente forte”. Para este Verão, os SMG também prevêem que a temperatura média do ar seja “normal a relativamente alta”. “No Verão (entre Junho e Agosto) o clima de Macau é afectado, principalmente, por uma alta subtropical situada a oeste do Oceano Pacífico e por sistemas meteorológicos tropicais. Quando a alta subtropical localizada a oeste do Oceano Pacífico estiver a dominar na região meridional da China, o estado do tempo na região vai apresentar-se frequentemente quente e ensolarado. Sempre que a alta subtropical enfraquecer, a região meridional da China fica mais susceptivel à influência de sistemas meteorológicos tropicais que, potencialmente, trazem muita chuva para Macau”, dizem os SMG.