Edição do dia

Sexta-feira, 24 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
25.8 ° C
25.9 °
25.4 °
94 %
4.1kmh
40 %
Qui
26 °
Sex
26 °
Sáb
26 °
Dom
28 °
Seg
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaSalário diário médio dos trabalhadores da construção caiu 2,1% no primeiro trimestre

      Salário diário médio dos trabalhadores da construção caiu 2,1% no primeiro trimestre

      No primeiro trimestre deste ano, o salário diário médio dos trabalhadores da construção foi de 759 patacas, menos 2,1%, em termos trimestrais, devido principalmente à diminuição da contratação de trabalhadores com salários diários mais elevados, na fase de conclusão de algumas instalações de entretenimento de grande envergadura, indicou a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC). O salário diário médio dos trabalhadores residentes (969 patacas) e o dos trabalhadores não residentes (684 patacas) decresceram 1,5% e 1,3%, respectivamente.

      Analisando por principais profissões, o salário diário médio do armador de ferro (836 patacas), o do canalizador/montador de tubagens de gás (774 patacas) e o do montador de equipamento de combate a incêndio (812 patacas) desceram 4,8%, 4,1% e 2,6%, respectivamente, face ao quarto trimestre de 2023. Todavia, o salário diário médio do montador de sistema de ar condicionado (952 patacas) e o do instalador de alumínio/vidro (844 patacas) aumentaram 4,5% e 1,9%, respectivamente.

      Eliminado o efeito da inflação, o índice do salário real dos trabalhadores da construção (92,3) no trimestre em análise baixou 2%, em termos trimestrais, salientando-se que o dos trabalhadores da construção residentes (94,1) desceu 3%.

      Quanto aos materiais de construção, a DSEC indica que, no primeiro trimestre de 2024, o preço médio do varão de aço com estrias de secção redonda (5.504 patacas por tonelada) e o do betão pronto (1.084 patacas por metro cúbico) desceram 3,3% e 0,6%, respectivamente, em termos trimestrais. No trimestre de referência o índice de preços dos materiais de construção dos edifícios de habitação (123,6) baixou 0,5%. Refira-se que o índice de preços da areia, o do aço e o do betão pronto diminuíram 3,9%, 3,3% e 0,4%, respectivamente.

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau