Edição do dia

Sexta-feira, 19 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
28.3 ° C
28.9 °
26.5 °
79 %
9.3kmh
40 %
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
25 °
Seg
24 °
Ter
26 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaPedro Jóia e José Salgueiro actuam em Macau a 13 de Abril

      Pedro Jóia e José Salgueiro actuam em Macau a 13 de Abril

      Os músicos Pedro Jóia e José Salgueiro vão estar em Macau para um concerto de comemoração do 25 de Abril. O espectáculo, organizado pela “Somos! – Associação de Comunicação em Língua Portuguesa”, acontece no dia 13 de Abril, no Teatro D. Pedro V. Pedro Jóia na guitarra e José Salgueiro na percussão vão apresentar o espectáculo “Zeca”, “que vai além da força do repertório de Zeca Afonso, com reinterpretações de versões instrumentais de parte da melhor música portuguesa produzida no último meio século”, descreve a organização.

      Este concerto vai ressoar grande parte da obra de Zeca Afonso, figura incontornável da história artística de Portugal e da revolução de 25 de Abril de 1974. No espectáculo, Pedro Jóia transforma as canções de Zeca Afonso em versões instrumentais. Além disso, a proposta para o concerto em Macau inclui a interpretação de várias músicas de outros grandes nomes da música portuguesa, como é exemplo o compositor e guitarrista Carlos Paredes. O público poderá ainda ouvir algumas das músicas originais compostas por Pedro Jóia, que foram sendo registadas em oito discos ao longo dos últimos vinte cinco anos de carreira.

      “Zeca” foi editado em disco em Maio de 2020 e ocupou o primeiro lugar do top durante várias semanas, tendo sido distinguido em Junho de 2021 com o Prémio Carlos Paredes pela Sociedade Portuguesa de Autores. Desde o seu lançamento já correu vários palcos em Portugal e fora do país, chegando agora a Macau, “para despertar uma ampla gama de emoções apenas com a linguagem poética dos instrumentos em palco e a evocação de reminiscências e íntimas reflexões”, diz a Somos! em comunicado. O concerto no Teatro D. Pedro V terá como convidado o instrumentista Fang Teng, concertino da Orquestra Chinesa de Macau, para interpretar obras emblemáticas da cultura musical portuguesa com o instrumento tradicional chinês erhu, “fortalecendo desta forma laços que unem os nossos povos há séculos e criando um momento de perfeito vínculo musical e cultural”.