Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.9 ° C
17.9 °
15.9 °
88 %
3.1kmh
40 %
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °
Seg
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Proposta construção de museu de corridas ou vila de atletas no terreno...

      Proposta construção de museu de corridas ou vila de atletas no terreno do Jockey Club

       

      As corridas de cavalos de Macau vão chegar ao fim daqui a menos de dois meses e para o futuro uso do terreno do Jockey Club na Taipa ainda nada está decidido. Além da anterior sugestão de criar um parque temático, foram apresentadas mais propostas para a parcela: os membros do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários das Ilhas querem construir um museu ou local de exposição sobre as corridas de cavalos, ou uma vila de atletas para cooperar com os Jogos Nacionais realizados no próximo ano.

       

      O membro do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários das Ilhas, Kelvin Tan Hai Ching, defende que o terreno do Jockey Club apresenta “potencialidades para a promoção do desenvolvimento da economia do desporto”, dado a sua grande dimensão espacial e localização geográfica.

      O terreno do Jockey Club de Macau compreende uma área de 450.000 metros quadrados, segundo o vogal, uma área que equivale a 12 vezes mais em termos de dimensão do Centro Desportivo Olímpico em Macau. Para aproveitar os recursos de solos, o responsável propôs que o Governo estude a possibilidade de converter temporariamente as instalações do Jockey Club numa vila de atletas para os Jogos Nacionais.

      “Os Jogos Nacionais terão lugar em 2025 e prevê-se a chegada de muitos atletas e turistas. A solução não só proporcionará alojamento e locais de treino para os atletas, mas também responderá eficazmente à procura de alojamento durante o período de competição”, notou Tan, na reunião de terça-feira do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários das Ilhas, na sua intervenção antes da ordem do dia.

      Kelvin Tan, citado pelo Jornal do Cidadão, argumentou ainda que existem vários recintos desportivos nas imediações do terreno do Jockey Club, o que pode facilitar a deslocação diária dos atletas e do pessoal do evento, “poupando tempo e custos de viagem”. Referindo que o Jockey Club de Macau se encontrará num período de transição até 31 de Março de 2025, o vogal considera, no entanto, que a conversão temporária do local será uma tentativa construtiva para o futuro planeamento das instalações desportivas.

      Recorde-se que a organização dos Jogos Nacionais 2025 será repartida entre as regiões de Macau, Hong Kong e Guangdong, sendo que Macau vai ser responsável por competições de seis ou sete modalidades desportivas.

       

      MUSEU E EXPOSIÇÃO PARA AS CORRIDAS DE CAVALOS

       

      Ng Hong Kei, coordenador-adjunto do Conselho, dedicou também a sua intervenção antes da ordem do dia ao mesmo assunto, abordando que na parcela já existem alguns edifícios e instalações que podem ser aproveitados no futuro.

      Dessa forma, o vogal sugeriu que, a curto prazo, as autoridades competentes de gestão do terreno possam cooperar com o Instituto Cultural para designar parte dos edifícios existentes como Museu das Corridas de Cavalos e também salas de exposição, de modo a permitir que os residentes e turistas conheçam de forma aprofundada a história das corridas de cavalos no território.

      Ng Hong Kei acha viável também a atribuição permanente de uma parte do terreno para a construção de um espaço cultural, com finalidade de exposições e espectáculos artísticos, “complementando o recinto desportivo adjacente para criar um bairro cultural, desportivo e artístico”.

      Além disso, o também profissional da área tecnológica, propôs que seja estabelecido um centro de ciência e inovação de baixa densidade nesta parcela, uma vez que a sua localização “fica perto de Hengqin e as instalações de transporte são relativamente completas”, a fim de “dar apoio ao desenvolvimento das quatro indústrias emergentes”, concluiu.