Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nevoeiro
18.9 ° C
18.9 °
17.9 °
77 %
3.1kmh
40 %
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °
Seg
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Visitantes causam "impacto considerável" na vida quotidiana dos residentes, alerta Ron Lam

      Visitantes causam “impacto considerável” na vida quotidiana dos residentes, alerta Ron Lam

      O rápido aumento do número de visitantes está a causar um “impacto considerável na vida quotidiana dos residentes, especialmente daqueles que vivem nas proximidades de atracções turísticas”. O alerta foi dado pelo deputado Ron Lam numa interpelação escrita, onde sugere uma passadeira rolante entre a Calçada da Igreja de São Lázaro e a Rua dos Artilheiros.

       

      “O rápido aumento do número de visitantes de excursões turísticas num curto espaço de tempo, associado ao não seguimento das instruções e das orientações regulamentares de trânsito, causa um impacto considerável na vida quotidiana dos residentes, especialmente dos que vivem nas proximidades das atracções turísticas”, alertou o deputado Ron Lam numa interpelação escrita.

      Ron Lam refere que tem recebido várias queixas de moradores sobre grupos de turistas que vão do Tap Seac até às Ruínas de São Paulo através da Estrada do Cemitério, muitas vezes na própria estrada. Segundo dados do Corpo de Polícia de Segurança Pública, citados pela Rádio Macau em língua chinesa, foram multados 529 peões nos primeiros sete dias deste ano devido a infracções relacionadas com as regras do trânsito. Segundo as autoridades houve um reforço das operações de fiscalização para reprimir eventuais violações de trânsito dos peões no sentido de evitar acidentes. Em comunicado, a polícia apela para que os peões cumpram as regras de trânsito e não atravessem a estrada indiscriminadamente fora das passadeiras.

      O deputado eleito pela via directa lembrou que a Rua de São Roque, a Calçada da Igreja de São Lázaro e a Rua do Volong são pedonais desde 2016, mas a maioria das excursões turísticas não utiliza estas zonas pedonais.

      Assim, Ron Lam perguntou às autoridades se têm medidas para coordenar melhor os grupos de turistas que se deslocam do Tap Seac às Ruínas de São Paulo. “Irão as autoridades, através de uma coordenação interdepartamental, planear outros pontos viáveis de recolha e entrega de visitantes e de grupos turísticos para desviar o seu fluxo de tráfego, de modo a reduzir o seu impacto nos residentes e no tráfego?”, perguntou na interpelação.

      Lam apontou também para as escadas e rampas entre o Tap Seac e as Ruínas de São Paulo, o que dificulta o acesso a pessoas com dificuldades de locomoção e idosos, por exemplo. Como solução, o deputado aponta a instalação no local de uma passadeira rolante entre a Calçada da Igreja de São Lázaro e a Rua dos Artilheiros, semelhante àquela que existe na Rua da Surpresa, entre a Rua da Mitra e a Rua Nova a Guia.

      Na interpelação, Ron Lam também chamou a atenção para os problemas de estacionamento do Tap Seac, perguntando também ao Governo quais os planos para melhorar as instalações de estacionamento e desembarque subterrâneas daquela zona.