Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.9 ° C
17.9 °
15.9 °
88 %
3.1kmh
40 %
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °
Seg
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade UM organiza 1.º fórum com 40 académicos de diversas universidades da China...

      UM organiza 1.º fórum com 40 académicos de diversas universidades da China e da lusofonia

      O Departamento de Português, o Instituto Confúcio e a Biblioteca da Universidade de Macau (UM) coordenaram a realização daquele que foi o “1º Fórum Internacional das Línguas Chinesa e Portuguesa,”, numa estreia que “encerrou com sucesso”, partilhou aquela instituição académica. Mais de 40 estudiosos e académicos oriundos de diversas universidades participaram em intercâmbios académicos que englobaram áreas como literatura, linguística, cultura, tradução, ensino e outras relacionadas com as línguas chinesa e portuguesa. Segundo o comunicado da UM, os participantes convidados manifestaram o desejo de que este venha a estabelecer uma plataforma mais ampla para o fomento de intercâmbios em várias áreas entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

      Durante a cerimónia de abertura, o “Prémio Académico Henrique de Senna Fernandes para as Melhores Teses” referente aos anos lectivos de 2021/2022 e 2022/2023 foi atribuído pela primeira vez às três melhores teses de doutoramento do Departamento Português da UM e também à melhor tese de mestrado em língua portuguesa da Faculdade de Direito.

      Este prémio, cuja atribuição ocorreu em comemoração ao 100.º aniversário do nascimento do escritor macaense, contou com o financiamento da Fundação para o Desenvolvimento da UM. A cerimónia ainda incluiu uma homenagem a Maria José Grosso, antiga professora das Universidades de Lisboa e Macau, através da oferta dum livro com mensagens de vários colegas para agradecer por todo o seu contributo para o Ensino do Português, em Portugal, Macau, interior da China e no resto do mundo. O fórum encerrou com o lançamento do livro “Os Ovos de Ouro”, da autoria de Anabela Leal de Barros, professora na Universidade do Minho. Este livro utiliza a agricultura como exemplo para oferecer uma representação vívida e realista do desenvolvimento e da situação actual da plantação de café, das pescas, da criação de animais e de outras indústrias em Timor-Leste. Este tipo de iniciativa “proporciona uma base rica e autêntica para o intercâmbio cultural entre a China e os países e regiões de língua portuguesa”, defendeu a universidade.

       

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau