Edição do dia

Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.9 ° C
18.9 °
15.9 °
77 %
2.1kmh
40 %
Qua
20 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
15 °
Dom
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Rendas de casas no NAPE e Praia Grande sobem, Barra e Areia...

      Rendas de casas no NAPE e Praia Grande sobem, Barra e Areia Preta descem

      No período entre Maio e Junho, a renda média por área útil de metro quadrado das habitações em Macau foi de 129 patacas, um valor que representou um ligeiro decréscimo de 0,8% face ao trimestre anterior. As zonas do NAPE e dos Aterros da Baía da Praia Grande estão mais caras, com uma subida de 129 patacas e uma subida de 0,8% para ambas as zonas. A zona com rendas médias mais elevadas na península de Macau foi a dos Novos Aterros da Areia Preta, com 149 patacas e uma subida de 0,7%, revelaram os últimos dados dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC).

      Comparando as habitações de maior e menos dimensão, as fracções mais pequenas e as maiores mantiveram os mesmos valores neste trimestre: as rendas médias das casas até 50 metros quadrados foi de 158 patacas, e as de 150 ou mais metros quadrados, 117 patacas. A excepção foram as fracções com áreas dos 50 a 100 metros quadrados (128 patacas) e as com entre 100 e 150 metros quadrados (118 patacas), que tiveram ambas uma descida de 0,8% comparando com o trimestre antecedente.

      Quanto às lojas, o preço médio de renda por metro quadrado foi de 490 patacas, numa subida de 0,4%. O valor mais marcante revelado pela DSEC foi o da subida das rendas na “baixa” da cidade: as rendas médias das fracções comerciais nesta zona subiram 6,7% neste trimestre, e estão a 687 patacas. No NAPE e nos Aterros da Praia Grande, apesar dos valores igualmente elevados de 626 patacas, apenas houve um acréscimo de 0,6%.

      Nos Aterros da Areia Preta, as rendas das lojas desceram 1,7% e situam-se a 409 patacas, e as lojas na zona da Avenida Conselheiro Ferreira de Almeida perto do jardim Lou Lim Iok, estão a 349 patacas e também desceram 1,4%.

      A renda média dos escritórios fixou-se em 305 patacas, menos 1,6%, em termos trimestrais, e a renda média das fracções autónomas industriais foi de 122 patacas, idêntica à do trimestre anterior.

      Em suma, em comparação com o segundo trimestre de 2022, a renda média das lojas aumentou 1,9%, porém, as rendas médias das fracções autónomas habitacionais, dos escritórios e das indústrias diminuíram 5,8%, 4,4% e 0,8%, respectivamente, resumiu ainda o comunicado da DSEC. Os dados das estatísticas das rendas são provenientes da declaração de arrendamento dos imóveis sobre os quais recai a contribuição predial da Direcção dos Serviços de Finanças.

       

       

       

       

       

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau