Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.6 ° C
33.2 °
29.9 °
89 %
4.6kmh
40 %
Ter
31 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeRita Santos e reitor da UPM unidos no desenvolvimento do estudo do...

      Rita Santos e reitor da UPM unidos no desenvolvimento do estudo do português

      Rita Santos foi recebida na Universidade Politécnica de Macau (UPM) na passada quarta-feira pelo reitor Marcus Im Sio Kei, onde este aproveitou para fazer uma apresentação das instalações da instituição de ensino e programas em português. Em representação do Gabinete dos Conselheiros das Comunidades Portuguesas do Círculo China, Macau e Hong Kong, Rita Santos esteve acompanhada do seu assessor Rui Marcelo, e do colega e também Conselheiro Armando Jesus.

      Juntamente com Zhang Yunfeng, director do Centro para Estudos Portugueses, o reitor levou Rita Santos e comitiva a conhecer o Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa, que é onde decorre a promoção e desenvolvimento de programas de formação e investigação do ensino do português, e também de literatura, com a publicação de livros e obras académicas em português.

      A Comendadora aproveitou a ocasião para recordar que esta visita se insere num processo de auscultação de opiniões a instituições de ensino de português em Macau, e que seria interessante a universidade desenvolver parcerias com instituições governamentais ou com a Assembleia Legislativa com vista a que alunos da instituição pudessem estagiar, ou começar a trabalhar, após graduação, em empresas de Macau e outras cidades da Grande Baía, ou até mesmo de outros países de língua portuguesa. O reitor, por seu turno, expressou a sua admiração pelos esforços dos Conselheiros das Comunidades e a forma como prestam apoio às comunidades portuguesas, solicitando a Rita Santos que auxiliasse a promover os cursos ministrados pela UPM junto dessas comunidades.

      Recordando que a universidade tem actualmente 800 estudantes em áreas relacionadas com a língua portuguesa, o reitor destacou ainda importância que a colaboração da UPM tem com outras instituições académicas, organizações e departamentos governamentais, e estas iniciativas contribuem para que se aprofunde ainda mais o papel de Macau como Plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

      Outros dos destaques da visita foi o de ficar a conhecer melhor o Centro Internacional Português de Formação em Interpretação de Conferências, que forma interpretes e assegura quadros qualificados bilingues em Chinês e Português, e também do Centro de Investigação de Engenharia em Tecnologia Aplicada à Tradução Automática e Inteligência Artificial. É neste centro que se desenvolveu a plataforma de tradução automática da Rede Neural, a mais precisa no mundo, e também um Sistema de reconhecimento de voz da interpretação simultânea entre Chinês, Português, e Inglês.