Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29 ° C
29.9 °
28.9 °
89 %
3.6kmh
20 %
Seg
28 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeCaritas e a seguradora FWD anunciam projecto para ajudar integração dos portadores...

      Caritas e a seguradora FWD anunciam projecto para ajudar integração dos portadores de deficiência  

      Mais uma iniciativa que se junta às actividades de caridade para promover a inclusão social em Macau. A Caritas Macau coopera com a seguradora Vida FWD de Macau para lançar o seu primeiro projecto social – lojas online e físicas onde se vendem produtos feitos à mão pelos portadores de deficiência. A seguradora FWD disse que espera aumentar a participação social das pessoas com deficiência, enquanto Paul Pun, representante da Caritas, considerou que a iniciativa vai reforçar a ligação entre os grupos desfavorecidos e a sociedade.

       

      A Caritas Macau e a seguradora Vida FWD de Macau anunciaram ontem o lançamento de um novo projecto de cooperação para promover os cuidados comunitários, sendo desenvolvida uma plataforma de vendas online e estabelecidas lojas físicas para venda, bem como promoção de produtos de criação artesanal original feitos por deficientes.

      De acordo com a Caritas Macau, o objectivo da iniciativa é muito simples: promover o desenvolvimento diversificado das pessoas com deficiência. A seguradora Vida FWD vai financiar o projecto de venda da Caritas, sendo um dos projectos a realizar no programa de caridade do seu 10.º aniversário.

      “Este projecto vai proporcionar uma plataforma para que os portadores de deficiência obtenham mais desenvolvimento artístico e oportunidades de trabalho, e, ao mesmo tempo, vai permitir que o público conheça os seus produtos feitos à mão, apelando a uma participação de igualdade na sociedade e promovendo o conceito de inclusão social de deficiências”, salientou a Caritas.

      Realizou-se ontem a conferência de imprensa sobre a iniciativa. Paul Pun, secretário-geral da Caritas Macau, ao agradecer o apoio da FWD Macau, sublinhou que a cooperação não só ajuda os utentes de serviços [de reabilitação] a serem independentes, mas também os encoraja a desenvolver o seu potencial.

      Paul Pun acrescentou que as respectivas lojas online e físicas vão fornecer “uma nova saída” de longo prazo para os produtos feitos à mão pelos portadores de deficiência, o que vai fortalecer a sua conexão com a comunidade, bem com oferecer mais oportunidades relativas à comunicação interpessoal e à formação profissional, de forma a alcançar a meta da integração social.

      “Acredita-se que o plano de cooperação ajudará a Caritas a expandir ainda mais os seus programas de formação vocacional, beneficiar mais utentes de serviços e trazer um profundo impacto positivo para a comunidade de Macau”, afirmou.

      O responsável, neste contexto, frisou que a iniciativa tem ainda como objectivo eliminar os estereótipos da sociedade relativamente aos deficientes, passando de um “grupo que precisa de ser muito protegido” a “um grupo que tem capacidade e merece apreciação”.

      Existem actualmente cerca de 1.500 utentes que vivem nos lares da Caritas, e Paul Pun espera que mais empresas sociais e campanhas de caridade possam ajudar a criar uma sociedade de igualdade e amor.

      No que diz respeito ao projecto, aos jornalistas, Paul Pun revelou que as receitas geridas pelas lojas online e física vão ser usadas, totalmente, para o funcionamento contínuo das lojas. “Sendo uma loja de caridade, não estamos à espera que consiga gerar receitas muito altas. O mais importante é que os seus produtos possam circular no mercado e ganhem apreço, e que os portadores de deficiência, ao criarem os produtos próprios, tenham um trabalho que tem valor e dignidade”, observou.

      Por sua vez, Jason Wong, vice-presidente assistente da FWD e chefe da sede da empresa em Macau, assinalou que a seguradora está contente por fazer parceria com a Caritas Macau para aumentar a auto-estima das pessoas com deficiência através da venda dos seus produtos, para se tornarem financeiramente mais capazes e protegidos.

      A FWD Macau avançou que, ao abrigo do projecto de cooperação, os utentes de serviços da Caritas vão ter ainda formação profissional em áreas como marketing, gestão logística, gestão de websites e análise de dados.

      A seguradora, por outro lado, revelou ainda que obteve um excelente desempenho comercial em Macau, com uma taxa de crescimento anual de prémios de seguro de 214% no ano passado, ocupando o primeiro lugar no mercado de seguros de Macau, segundo os dados da Autoridade Monetária de Macau.