Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
28.1 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeSomos! organiza evento beneficente para ajudar escola em Moçambique

      Somos! organiza evento beneficente para ajudar escola em Moçambique

      A ideia da angariação de fundos, referiu a presidente da associação ao PONTO FINAL, passa por ajudar a Escola Primária Matchik – Tchik da cidade de Maputo, capital moçambicana, “a necessitar de apoio para a garantia de materiais básicos e intervenção nas suas infraestruturas”. Mas o objectivo, acrescenta Marta Pereira, também “passa pela recolha de verbas suficientes para a construção de uma minibiblioteca, espaço tão importante para o incentivo à leitura e descoberta e que abre horizontes de futuro”.

      A Somos! – Associação de Comunicação em Língua Portuguesa (Somos – ACLP) prepara-se para organizar o seu segundo Sunset Solidário, desta vez destinado a alunos de uma escola moçambicana. O evento decorrerá no próximo dia 30 de Junho, das 18h30 às 2h, no restaurante Rio Grill and Seafood, na Doca dos Pescadores.

      O evento “Moçambique: um conto solidário” visa a angariação de fundos para a Escola Primária Matchik – Tchik da cidade de Maputo, capital moçambicana, a necessitar de apoio para a garantia de materiais básicos e intervenção nas suas infraestruturas. “O objectivo passa igualmente pela recolha de verbas suficientes para a construção de uma minibiblioteca, espaço tão importante para o incentivo à leitura e descoberta e que abre horizontes de futuro”, explicou a presidente da Somos – ACLP ao PONTO FINAL.

      Marta Pereira admitiu ao nosso jornal que “as expectativas são sempre naturalmente altas”. “Tivemos a experiência do passado evento sobre São Tomé onde conseguimos ajudar mais de 400 crianças com a compra de material escolar. Este ano a realidade é outra, embora continuemos a apostar na melhoria das condições de aprendizagem das crianças e, no seu futuro, a escola precisa da várias intervenções que passam pelas carteiras, existem alunos sentados no chão, as condições sanitárias são muito precárias. Depois há a questão da mini-biblioteca, um sonho há muito ambicionado pelos alunos e professores, a estrutura iria servir não só a escola como o bairro de Polana Caniço. As necessidades são imensas e temos de fazer escolhas, nem sempre fáceis. De realçar que o material em Moçambique não é barato”, acrescentou.

      Por isso, considera a responsável, “a importância é toda e absolutamente indiscutível”. “São pequenos gestos que fazem toda a diferença. E isto só acontece graças à boa vontade de toda a equipa que faz parte deste evento solidário, nomeadamente os artistas. Hoje é Moçambique, amanhã será um outros país, pois consideramos que uma sociedade em que há grandes desigualdades na distribuição da riqueza não pode ser justa e a aposta deve começar na educação escolar”, enfatizou.

      Recorde-se que esta campanha solidária é o culminar de uma outra iniciativa da SomosACLP que consistiu na edição do livro de contos “Era Uma Vez… O Meu Mar”, com textos e ilustrações feitos por alunos de diferentes escolas primárias dos países de língua portuguesa e de Macau, tendo Moçambique sido representado precisamente pela Escola Primária Matchik – Tchik. Como a verba angariada com a venda dos livros é ainda insuficiente para toda a ajuda de que a escola necessita, a associação realiza este Sunset Solidário, ao qual se associam vários artistas locais, para assegurar as três linhas de acção acima referidas.Uma pequena contribuição da sua parte pode fazer realmente uma enorme diferença na vida destas crianças.Não deixe de ajudar, juntando-se a esta campanha solidária. O valor da entrada no Sunset é de 150 patacas com direito a uma bebida de cápsula. O valor das bebidas consumidas também será revertido para a escola moçambicana, bem como as verbas resultantes da compra do livro de contos durante o evento, que custa 100 patacas”, apelou Marta Pereira.

      Participarão no Sunset Solidário os cantores Rodrigo Costa, de Cabo Verde, Betchy Barros,  da Guiné-Bissau, Giulio Acconci, de Macau e Jandira Silva, do Brasil. A festa será ainda animada por vários disco-jóquei como o DJ Abel X (Etiópia), DJ SoneKa (Portugal), LaMonique e Alex DJ (Moçambique), DJ Malagueta (Guiné-Bissau) e DJ Cuco (Portugal).

      Relatórios da UNICEF sobre a situação das crianças moçambicanas, relativos ao ano de 2021, indicam que quasemetade (49%) vivia abaixo da linha da pobreza, e que apenas 30,6% da população completava a escola primária. De acordo com o organismo, o ambiente vivido na escola é um dos factores de risco que leva ao abandono escolar, de que é exemplo a falta de instalações sanitárias sensíveis ao género. No entanto, a pandemia da Covid-19 acabou por ser apontada como uma das principais causas da desistência escolar mais recente.