Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva moderada
34.3 ° C
34.3 °
34.3 °
77 %
6.1kmh
90 %
Ter
34 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeUPM visita Politécnico de Leiria para reforçar a cooperação sino-portuguesa

      UPM visita Politécnico de Leiria para reforçar a cooperação sino-portuguesa

      Uma delegação da Universidade Politécnica de Macau (UPM), chefiada pelo seu reitor, Marcus Im, visitou o Instituto Politécnico de Leiria (IPL) de Portugal, onde foi recebida pelo presidente Carlos Rabadão. As duas partes tiveram uma conversação sobre vários temas, incluindo “a promoção com maior esforço da cooperação académica, a formação de quadros qualificados e o intercâmbio de estudantes, tendo assim chegado a um consenso sobre a cooperação em novos projectos académicos”, divulgou ontem, em comunicado, a UPM.

      Durante o encontro, Marcus Im referiu que a cooperação entre a UPM e o IPL foi estabelecida há cerca de 20 anos e tem sido mantida, através de cooperações académicas e de organização conjunta de cursos, formando, em conjunto, um grande número de profissionais em tradução chinês-português e em relações comerciais China-Países Lusófonos. O responsável da UPM espera que, no futuro, “as duas partes possam continuar a aprofundar o nível de cooperação e explorar novas áreas académicas, de forma a prestarem um apoio constante à construção de Macau como uma plataforma sino-lusófona”.

      Por sua vez, do lado do IPL, Carlos Rabadão, referiu que o IPL tem prestado “grande importância” ao intercâmbio e cooperação académica com a UPM, e que este encontro serviu para aprofundar, ainda mais, a confiança mútua entre as duas instituições, sendo certo que vai permitir alargar o âmbito e as áreas de cooperação bilateral, no sentido de se desenvolverem mais e diferentes formas de cooperação aprofundada. O presidente do IPL manifestou ainda a sua confiança nas perspectivas futuras em termos da cooperação entre as duas instituições e espera que, a par da promoção contínua da cooperação e intercâmbio de docentes e investigadores das duas instituições, da realização conjunta de actividades académicas e da cooperação nas publicações académicas, através da cooperação bilateral se “possa também aprofundar a cooperação na transformação em produtos dos resultados científicos obtidos, contribuindo assim para um elevar da cooperação entre as instituições chinesas e portuguesas nas áreas de inovação e de empreendedorismo”.

      Durante a visita, a delegação visitou ainda as instalações de ensino e investigação do IPL, tendo as duas partes mantido uma conversa aprofundada sobre vários temas, incluindo sobre o ensino superior e a cooperação académica. No mesmo dia, manteve também um encontro com os mais de 50 alunos da UPM que se encontram a fazer intercâmbio em Portugal, encorajando-os a valorizarem as oportunidades do intercâmbio e a aprendizagem, a esforçarem-se por elevar as competências académicas e a alargarem os seus horizontes culturais, e, contribuindo para a cooperação entre a China e Portugal e o desenvolvimento dos dois países.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau