Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
31.7 ° C
34.8 °
30.9 °
89 %
5.1kmh
40 %
Ter
32 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeServiços de Saúde pedem parcimónia na utilização dos serviços de urgência

      Serviços de Saúde pedem parcimónia na utilização dos serviços de urgência

      As autoridades sanitárias do território pediram ontem, em comunicado divulgado ao final da tarde, para que jovens adultos e crianças, que não tenham factores de risco ou sinais de alerta de doença grave, tomem “os medicamentos para o tratamento sintomático, após a infecção por SARS-Cov-2”, evitando o congestionamento dos serviços médicos de urgência e, sempre que possível, recorrendo a serviços médicos não urgentes,

      O território, tal como havia sido previsto pelas autoridades, está a passar por mais um surto de Covid-19, o que aliado ao surto de gripe existente há várias semanas e outras maleitas, torna os serviços de urgência mais requisitados.

      Assim, as pessoas com sintomas como febre, mialgia, dor de garganta, tosse, corrimento nasal e conjuntivite são aconselhadas a fazer, em primeiro lugar, o teste rápido de antigénio para Covid-19, por si próprias, e, em caso de resultado positivo, devem consultar as recomendações para a consulta médica destinadas às pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

      Além disso, as autoridades recomendam que as instituições ou escolas relevantes “não exijam aos funcionários e alunos, a apresentação de atestados médicos, adoptando um procedimento mais flexível, com base apenas nos seus resultados positivos do teste rápido de antigénio, de forma a dar-lhes um maior descanso e evitar a sobrecarga de recursos médicos”.

      As pessoas infectadas podem retomar o trabalho ou voltar à escola quando os sintomas apresentarem melhorias. “Caso as instituições ou escolas relevantes considerem que as pessoas infectadas ainda têm de ir trabalhar ou escola, devem usar máscaras, de forma a dar cumprimento rigoroso às orientações de prevenção de doenças transmissíveis do tracto respiratório”, referem ainda os Serviços de Saúde.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau