Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29 ° C
29.9 °
28.9 °
94 %
3.6kmh
20 %
Ter
29 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaComemoração do Dia Internacional do Jazz no Grand Lisboa Palace adiada

      Comemoração do Dia Internacional do Jazz no Grand Lisboa Palace adiada

      O concerto promovido pelo Jazz Club de Macau no Grand Lisboa Palace, marcado para amanhã, dia 6 de Maio, foi adiado. A revelação foi feita ao PONTO FINAL pelo presidente do clube, José Sales Marques.

      Era suposto um palco montado no Grand Lisboa Palace receber dois grupos de jazz locais – “The Bridge” e “Chak Seng Latin Group” em apoio aos músicos locais, mas a concentração de diversos eventos no mesmo dia e à mesma hora precipitou a decisão do Jazz Club de Macau. “É um fim-de-semana cheio de eventos e, em particular, vamos ter um espectáculo no âmbito do Festival Literário Rota das Letras no Albergue SCM, um concerto da banda da Casa de Portugal na Casa Garden, o jantar da APOMAC e sabe-se lá o que mais. Penso que seria pouco prudente continuarmos com a realização do evento”, admitiu José Sales Marques.

      O evento, ainda sem data marcada, está assim suspenso e aguarda novidades sobre em que dia será realizado.

      O programa jazz-fusion ao vivo no Grand Lisboa Palace terámúsicas de jazz mainstream de “The Bridge” e jazz latino animado de “Chak Seng Latin Group”. “The Bridge” – a banda de jazz mais popular da região – tornou-se a primeira banda de jazz oficial de Macau há mais de 30 anos e continua a ser a banda residente do Jazz Club de Macau até hoje. A banda conta com sete talentosos artistas – Phil Reavis (sax tenor), Humphrey Cheong (soprano e sax tenor), Wilson Chan (sax alto), Ramon Joaquin (guitarras eléctricas e acústicas), Andrew Cheong (piano e teclados), José Chan (baixo de cinco e seiscordas e baixo fretless) e Ray Elma (trompete, bateria e percussão).

      Já o “Grupo Latino Chak Seng” – liderado pelo pianista de jazz e saxofonista de Macau Lam Chak Seng – formado pelo Conservatório Real de Haia, nos Países Baixos, conta com o guitarrista Chen Hanchong, o cantor Chen Xiaoman, o saxofonista Zhang Yichen, o trompetista Tong Xiaoshu, top Guangdong baterista Chen Qing Xiang e baixista Zhu Nan. Artistas experientes que se apresentaram em festivais na Ásia e ao redor do mundo, o “Chak Seng Latin Group” é conhecido pelas suas apresentações versáteis, que incluem jazz, latim, pop e até mesmo as raras adaptações de jazz chinês no sul da China. Mais recentemente, o grupo foi convidado para ser a banda ao vivo do Concurso de Dança Latina China Blackpool 2022 em Guangdong, China.

      O concerto dedicado ao Dia Internacional do Jazz procurará homenagear o evento global de jazz ao vivo organizado pela UNESCO e Embaixador da Boa Vontade da UNESCO Herbie Hancock, que aconteceu a 30 de Abril. O preço de entrada do espectáculo é de 300 patacas, incluindo uma bebida e um fluxo livre de canapés.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau