Edição do dia

Terça-feira, 7 de Fevereiro, 2023
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
17.9 ° C
19.9 °
17.9 °
94 %
1kmh
40 %
Ter
22 °
Qua
19 °
Qui
20 °
Sex
20 °
Sáb
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Chegada de 90 mil turistas bate recorde diário desde o início da...

      Chegada de 90 mil turistas bate recorde diário desde o início da pandemia

      A entrada de turistas em Macau continua a subir com o arranque dos feriados do Ano Novo Chinês. O território recebeu um total de 245 mil turistas entre a véspera e o terceiro dia do Ano Novo Lunar. Ademais, chegaram na terça-feira a Macau mais de 90 mil visitantes, o que bateu o recorde no volume de visitantes diários desde 2020. Já a iniciativa “Passeando pela Almeida Ribeiro” conseguiu atrair 93 mil visitas em três dias.

      O número de entrada de visitantes em Macau durante os feriados do Ano Novo Lunar registou um novo recorde diário de recepção de turistas desde o surgimento de surtos epidémicos há três anos, tendo sido registados 90.391 visitantes a ingressarem no território na passada terça-feira, terceiro dia do Ano Novo Lunar. Este número representa paralelamente um acréscimo de 478,8% em comparação com a média diária do ano passado, sendo que mais de um terço de pessoas foram provenientes de Hong Kong e 60% da China Continental.

      De acordo com o balanço de turismo divulgado ontem pela Direcção dos Serviços de Turismo (DST), nos quatro dias entre a véspera e o terceiro dia do Ano Novo Lunar, dos dias 21 a 24, Macau acolheu aproximadamente um total de 245 mil turistas, contabilizando uma média diária de 61 mil turistas. Em comparação com a mesma Semana Dourada do ano passado, foi registado um aumento significativo de 276,9%. No entanto, esse número turístico revelou também uma quebra de 61% face ao período homólogo de 2019.

      A DST destacou que a subida da média diária de visitantes de Hong Kong foi particularmente acentuada, verificando-se um crescimento de 2.541,7%.

      “No seguimento da isenção do teste de ácido nucleico para entrada em Macau dos passageiros de Hong Kong e do Continente, e a par com as campanhas promocionais e ofertas especiais lançadas pela DST para alargar a fonte de visitantes, o número de entradas tem subido continuamente, registando-se uma aglomeração de pessoas nas várias zonas turísticas de Macau durante o Ano Novo Lunar”, realçou o organismo.

      Os dados estatísticos sobre o número de entradas e saídas da RAEM, actualizados pelo Corpo de Polícia de Segurança Pública, revelam uma tendência de subida contínua de chegada de turistas, tendo a região recebido 32 mil visitantes na véspera do Ano Novo Chinês, e 50 mil, 72 mil e 90 mil visitantes nos primeiros três dias do Ano do Coelho, respectivamente. Já ontem, até às 17h, entraram em Macau 62 mil turistas.

      Ao contrário do habitual, quando o posto fronteiriço das Portas do Cerco era sempre o mais escolhido pelos visitantes para a circulação fronteiriça, o posto fronteiriço da Ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau tornou-se no posto mais lotado nos primeiros três dias do Ano Novo Lunar, tendo processado quase 68 mil turistas no total durante três dias.

      As autoridades avançaram ainda que o movimento de passageiros na fronteira durante sábado até a terça-feira totalizou 1,17 milhões de pessoas, e a média diária de 293 mil pessoas mais do que duplicou relativamente ao ano passado. Porém, é também uma redução de 43,4% face ao período idêntico de 2019.

       

      PROJECTO PARA ÁREA PEDONAL VOLTA A 4 DE FEVEREIRO

      A primeira fase da iniciativa “Passeando pela Almeida Ribeiro — Projecto piloto para área pedonal” decorrida entre 22 e 24 de Janeiro terminou “com sucesso” e atraiu um total de 93 mil pessoas a visitarem o evento. Segundo o Instituto Cultural, o plano piloto vai voltar a ter lugar entre as 12h00 de 4 de Fevereiro e as 22h00 de 5 de Fevereiro, no trecho da Avenida de Almeida Ribeiro, entre a Rua do Guimarães e a Rua Central, com vista a revitalizar os bairros tradicionais com sinergia artística e celebrar o Festival das Lanternas.

      Neste caso, com o regresso de espectáculos especiais, assim como um conjunto de stands com uma selecção de produtos culturais e criativos, café e petiscos, a área pedonal com um comprimento de cerca de 450 metros vai ser novamente encerrada ao trânsito de veículos a partir das 8h00 de 4 de Fevereiro, para as respectivas instalações.