Edição do dia

Sábado, 22 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.9 ° C
31.9 °
30.9 °
79 %
4.1kmh
40 %
Sáb
31 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaÍndice de preços turísticos cresceu residualmente no último trimestre de 2022

      Índice de preços turísticos cresceu residualmente no último trimestre de 2022

      O Índice de Preços Turísticos (IPT) foi de 119,27 no quarto trimestre de 2022, crescendo 0,17%, em termos anuais, devido principalmente ao acréscimo de preços dos pastéis e doces, porém, a redução de preços dos quartos de hotéis atenuou parte do crescimento, anunciou, em comunicado de imprensa, a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) na passada sexta-feira.

      De entre os índices de preços das secções de bens e serviços, os das secções divertimento e actividades culturais (+23,13%), produtos alimentares, bebidas alcoólicas e tabaco (+9,52%), assim como medicamentos e bens de uso pessoal (+5,24%) cresceram em termos anuais. Todavia, o índice de preços da secção alojamento (-19,50%) desceu, acrescentou a DSEC.

      No quarto trimestre de 2022, o IPT cresceu 3,27%, quando comparado com o trimestre precedente. O índice de preços da secção alojamento subiu 20,39%, em termos trimestrais, graças ao acréscimo de preços dos quartos de hotéis, verificado nos feriados da implantação da República Popular da China e no período em que se realizou o Grande Prémio. Além deste, o índice de preços da secção vestuário e calçado aumentou 5,60%, em termos trimestrais, devido ao lançamento do novo vestuário de Inverno.

      Em 2022 o IPT médio (116,65) decresceu 0,38%, face ao ano de 2021, devido principalmente à queda de preços dos quartos de hotéis, no entanto, o crescimento de preços dos pastéis e doces contrabalançou parte do decréscimo. Analisando por secções de bens e serviços, o índice de preços da secção alojamento (-15,52%) desceu em termos anuais, contudo, os índices de preços das secções divertimento e actividades culturais (+23,30%), bem como produtos alimentares, bebidas alcoólicas e tabaco (+5,11%) cresceram.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau