Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva moderada
34.3 ° C
34.3 °
34.3 °
77 %
6.1kmh
90 %
Ter
34 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaCoutinho pede máscaras, testes rápidos e medicamentos gratuitos para todos

      Coutinho pede máscaras, testes rápidos e medicamentos gratuitos para todos

      Considerando que as medidas impostas em Macau ao longo dos últimos três anos foram “pouco científicas”, José Pereira Coutinho disse ontem na Assembleia Legislativa (AL) que, com o restabelecimento da normalidade “o Governo deve distribuir com regularidade, gratuita e em quantidades suficientes as máscaras KN95 ou de qualidade superior, os kits para testes diários antigénios e respectiva medicamentação para toda população, para que esta esteja devidamente protegida”.

      “Vivemos momentos cruciais e as medidas impostas pelas autoridades competentes não podem falhar neste importante de processo de distribuição atempada e gratuita das máscaras, kits e medicamentos para protecção da generalidade da população incluindo a total abertura ao mundo como esta acontecer na vizinha RAEHK”, afirmou o deputado.

      O presidente da Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau (ATFPM) lembrou que actualmente os funcionários públicos têm de usar máscaras KN95 ou de padrão superior e fazer todos os dias testes rápidos de antigénio. Assim, Coutinho apelou a que seja o Governo a custear todas as máscaras e testes.

      Coutinho assinalou também que há, neste momento, “enorme

      Confusão” na exigência dos testes, porque “uns serviços ou entidades públicas

      exigem testes de ácido nucleico para poderem trabalhar, outros somente

      exigem testes rápidos antigénios”. O deputado pediu, então, aos Serviços de Saúde que esclareçam as informações.

      Por fim, Pereira Coutinho voltou a apelar a que sejam levantadas as restrições fronteiriças à chegada ao território: “Apelamos às autoridades competentes, para que sejam levantadas todas restrições relacionadas com as medidas pandémicas quer nas entradas e saídas dos terminais marítimos, aeroporto e vias terrestes para os residentes que queiram sair ou regressar a Macau, independentemente de ter estado ou não vacinado e à semelhança das recentes medidas 0+0 implementadas ontem na vizinha RAEHK”.