Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
30.9 ° C
32.9 °
30.9 °
84 %
5.1kmh
40 %
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °
Dom
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeEscritório de advogados MdME distinguido como Associado Colectivo do Ano

      Escritório de advogados MdME distinguido como Associado Colectivo do Ano

      A MdME, Sociedade de Advogados, com escritórios em Macau, Hong Kong e Lisboa, foi eleita, no passado fim-de-semana, como Associado Colectivo do Ano pela Associação Internacional de Jovens Advogados de Língua Portuguesa (JALP), anunciou o escritório em nota de imprensa.

      Os prémios foram anunciados na II Gala de Aniversário da JALP que decorreu no Word of Wine, no Porto, em Portugal. Além do prémio de Associado Colectivo do Ano, foram distinguidas também outras personalidades que se destacaram ao longo do ano em curso, dando especial ênfase às categorias de Personalidade Lusófona 2022, atribuído a Alexis Tam, representante da Delegação Económica e Comercial de Macau, em Lisboa; bem como o de Associado Efectivo do Ano a Lukeno Ribeiro Alkatiri.

      No último ano, pode ler-se ainda na mesma nota de imprensa, “a MdME anunciou o reforço da aposta no mercado português com a abertura de novas instalações no centro de Lisboa, na Rua Barata Salgueiro, apresentando uma equipa de referência, contratada a algumas das principais sociedades de advogados portuguesas e internacionais”. “O projecto, liderado pelo sócio José Leitão, nasce da necessidade de assessorar clientes empresariais a operar em Portugal nos sectores financeiro, de fundos de investimento, tecnológico, construção, ambiente e energias renováveis”.

      A sociedade irá ainda assistir o investimento lusófono na China. Com este movimento, a MdME torna-se o único escritório de advogados com presença nas duas Regiões Administrativas Especiais da China e em Portugal, contando já com 35 profissionais jurídicos e 70 colaboradores a operar nos três mercados.

      A Associação Internacional de Jovens Advogados de Língua Portuguesa conta actualmente com mais de 350 associados, oriundos dos países e jurisdições de língua portuguesa. A JALP afirma-se como um polo agregador e uma voz activa e intransigente das inquietações e interesses dos advogados ou advogados estagiários inscritos em diversos países que integram a Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP). Com sede em Portugal, a JALP quer ter um papel relevante no enquadramento dos jovens advogados no contexto jurisdicional lusófono e no movimento linguístico-cultural onde se insere.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau