Edição do dia

Sexta-feira, 12 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
26.9 ° C
27.1 °
25.9 °
89 %
2.6kmh
20 %
Sex
28 °
Sáb
30 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Depósitos cresceram em Junho

      Depósitos cresceram em Junho

      Em Junho, os depósitos de residentes cresceram 0,8% em comparação com o mês anterior, tendo atingido 659,6 mil milhões de patacas. Por outro lado, os depósitos de não-residentes também cresceram 5,1%, tendo atingido 370,8 mil milhões de patacas. A informação foi divulgada ontem pela Autoridade Monetária de Macau (AMCM), no relatório das estatísticas monetárias e financeiras do mês de Junho.

      Segundo a AMCM, os depósitos do sector público na actividade bancária cresceram para 262,3 mil milhões de patacas, representando um crescimento de 0,4%. Como resultado, o total dos depósitos da actividade bancária registou um crescimento de 1,9% quando comparado com o mês anterior, tendo atingido 1.292,8 mil milhões de patacas. A proporção da pataca, dos dólares de Hong Kong, dos renminbis e dos dólares norte-americanos nos depósitos foi de 19,7%, 48,9%, 6,9% e 22,3%, respectivamente.

      No que toca aos empréstimos internos ao sector privado cresceram 1,4% em relação ao mês anterior, tendo atingido 564,8 mil milhões de patacas. Da análise do crédito pelo uso económico, resulta que no segundo trimestre de 2022, os empréstimos bancários relacionados com “transporte, armazéns e comunicações” e “restaurantes, hotéis e similares” aumentaram 3% e 2,1%, respectivamente, quando comparado com o trimestre anterior. Os empréstimos concedidos ao sector da “construção e obras públicas” e do “comércio por grosso e a retalho” registaram decrescimentos de 2,5% e 0,9%, respectivamente.

      Os empréstimos ao exterior cresceram 1,7%, tendo atingido 791,3 mil milhões de patacas. Como resultado, os empréstimos ao sector privado cresceram 1,6% em relação ao mês anterior, tendo atingido 1.356,1 mil milhões de patacas, enquanto em pataca, dólar de Hong Kong, renminbi e dólar norte-americano, os “os pesos” alcançados foram 16%, 37,8%, 17% e 26,7%, respectivamente.

      No final de Junho, o rácio empréstimos/depósitos de residentes cresceu do nível de 60,8% registado no final de Maio para o nível de 61,3%. Por outro lado, o volume que incluiu o rácio empréstimos/depósitos de não-residentes decresceu do nível de 105,3% para o nível de 104,9%.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau