Edição do dia

Sexta-feira, 12 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
26.9 ° C
27.1 °
25.9 °
89 %
2.6kmh
20 %
Sex
28 °
Sáb
30 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Moody’s baixou rating da SJM com “perspectiva negativa”

      Moody’s baixou rating da SJM com “perspectiva negativa”

      Apesar da conclusão da operação de refinanciamento que permitirá a Sociedade de Jogos de Macau (SJM) readequar o fluxo de caixa, a agência de classificação de risco Moody’s considera ainda a permanência de uma grande incerteza face à recuperação de rendimentos e a apresentação de alta alavancagem financeira da empresa. A correctora norte-americana reviu nesta semana a perspectiva da SJM de “em observação” para “negativa”.

       

      A Sociedade de Jogos de Macau S.A. (SJM) afirmou na passada quinta-feira que foi concedido um empréstimo sindicato bancário, resultando num aumento de mais seis mil milhões de dólares de Hong Kong no fluxo de capital. No entanto, tendo em conta o financiamento, num relatório divulgado pela Moody’s nesta terça-feira, a agência de notação financeira atribuiu o Rating Corporativo (CFR) de ‘Ba3’ para a empresa e referenciou os ratings ‘B2’ para a dívida sénior sem garantia da empresa subsidiária da SJM, Champion Path Holdings Limited. Estas classificações são consideradas como investimentos especulativos.

      A agência de notação financeira também alterou a “perspectiva” da SJM de “em observação” classificada em Outubro do ano passado para “negativa”. Sean Hwang, vice-presidente adjunto e analista da Moody’s, afirmou que a classificação atribuída reflecte a conclusão do refinanciamento de empréstimo consignado da SJM Holdings, que proporcionou à SJM liquidez suficiente para, pelo menos, os próximos 12 meses. Contudo, as perspectivas negativas traduzem um elevado grau de incerteza quanto ao ritmo e à dimensão da recuperação dos rendimentos da SJM e a opinião de que permanece uma grande probabilidade que a alavancagem financeira da SJM se mantenha muito elevada nos próximos 12 a 18 meses.

      Após o refinanciamento, a SJM deixará de ter maturidades de dívida significativas até Janeiro de 2026 e o novo empréstimo a prazo da concessionária de jogo será amortizado de forma mais moderada numa base trimestral a partir de Setembro de 2023. À medida da facilidade de crédito rotativo de seis mil milhões de dólares de Hong Kong, a instituição financeira estimou que a totalidade do fluxo de caixa e dos recursos disponíveis da SJM será de 6,5 mil milhões de dólares de Hong Kong, sendo suficientes para satisfazer as necessidades financeiras da empresa durante pelo menos os próximos 12 meses, incluindo alguns pagamentos de construção de infraestruturas devidos nesse período e um possível consumo contínuo de dinheiro para o resto de 2022.

      Ainda segundo a Moody’s, espera-se que a dívida reestruturada da SJM (incluindo o passivo da locação) possa aumentar de 23,6 mil milhões de dólares de Hong Kong no final de 2021 para aproximadamente 30 mil milhões de dólares nos próximos 12 a 18 meses. Os referidos factores previstos levaram em consideração a antecipação de crédito rotativo durante este período, bem como as debêntures (valor mobiliário emitido por sociedades por acções, representativo de dívida) convertíveis de 1,9 mil milhões de dólares de Hong Kong anteriormente fornecidas à SJM no sentido da aquisição do casino Oceanus.

       

      PONTO FINAL