Edição do dia

Sábado, 1 de Outubro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
26.9 ° C
26.9 °
24.9 °
89 %
3.6kmh
20 %
Sex
27 °
Sáb
29 °
Dom
29 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Ano Novo Lunar mostrou recuperação no volume de turistas de 25,4%

      Ano Novo Lunar mostrou recuperação no volume de turistas de 25,4%

      A Semana Dourada do Ano Novo Lunar deste ano terminou no sábado. De acordo com estatísticas preliminares até essa data, o território acolheu mais de 113 mil visitantes, representando uma retoma no volume de turistas de 25,4% face ao período idêntico do ano passado, e o volume no último dia da semana registou um aumento de 36,1%. No entanto, segundo o balanço da Direcção dos Serviços de Turismo, o volume este ano ainda mostra um grande fosso comparando com o período antes da pandemia

       

      A época do Ano Novo Chinês deste ano mostrou uma recuperação no turismo local, tendo o número total de visitantes nesta Semana Dourada registado um aumento de 25,4% em relação ao período homólogo do ano passado.

      De acordo com os dados estatísticos provisórios da Semana Dourada do Ano Novo Chinês, divulgados pela Direcção dos Serviços de Turismo (DST), o número total de visitantes chegados a Macau desde o dia 31 de Janeiro até anteontem atingiu 113.699 pessoas, enquanto o valor médio diário superou as 16 mil pessoas.

      A data concreta do cálculo da Semana Dourada vai do dia da véspera do festival até ao dia 6 deste mês, e os dados estatísticos da entrada de visitantes já excluíram os trabalhadores não residentes e estudantes.

      Durante esse período, os últimos três dias obtiveram os melhores resultados, sendo que no fim-de-semana o número de entrada de visitantes registou um aumento superior a 30%, enquanto que o de anteontem mostrou um crescimento de 36,1%. A variação na taxa de visitantes comparada com tempo idêntico de 2021 não excedeu 20% nos três primeiros dias da Semana Dourada. Tal deveu-se sobretudo à tradição da cultura chinesa, que levou as pessoas a ficarem em casa com os familiares para celebrar os dias mais significativos do ano.

      Apesar de assinalar uma retoma face ao ano passado, o número de visitantes durante este tradicional pico de turismo em Macau não atingiu metade do número do Ano Novo Chinês de 2020, pouco antes da pandemia da Covid-19 ter atingido também o território. Na mesma linha de comparação com o ano de 2019, altura em que foram registados 1,2 milhões de visitantes, o volume deste ano representa apenas cerca de 9,4% do tempo antes da pandemia.

      Por outro lado, neste ano e entre os vários postos fronteiriços, o das Portas do Cerco foi o mais escolhido pelos turistas, obtendo uma subida gradual nesses sete dias, passando de mais de quatro mil utilizações por dia no início para cerca de 10 mil passageiros diários, mostrando que metade do número total de turistas da Semana Dourada escolheu entrar na RAEM através deste posto fronteiriço.

      Relativamente ao posto fronteiriço de Hengqin, que foi o segundo posto mais utilizado durante a época, recebeu aproximadamente um fluxo de 28 mil visitantes, e a passada quinta-feira foi o dia mais ocupado já que mais de sete mil pessoas escolheram essa passagem fronteiriça.

      Um total de 18 mil turistas visitaram Macau por meio aéreo durante o Ano Novo Lunar, enquanto mais de seis mil vieram por via marítima para o Porto Exterior, Porto Interior e o Terminal Marítimo de Passageiros da Taipa.

      O volume de turistas do interior da China continua a contribuir num alto nível para o acréscimo turístico este ano devido ao ligeiro alívio de restrições na passagem de fronteira, como a validade do resultado negativo de teste de ácido nucleico, que voltou a ser de 48 horas para passageiros de fronteiras terrestres.

      Entre os dados de visitantes totais, 106 mil turistas são provenientes do Continente, correspondendo a cerca de 93% do número total, traduzindo ao mesmo tempo uma subida de 29% em relação ao ano passado. O número diário de entradas de visitantes do interior da China destacou-se no último dia da Semana Dourada, que obteve um acréscimo significativo de 42% face ao ano passado.

       

       

      PONTO FINAL