Edição do dia

Segunda-feira, 16 de Maio, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
19.9 ° C
19.9 °
18.8 °
88 %
8.2kmh
40 %
Seg
21 °
Ter
24 °
Qua
25 °
Qui
25 °
Sex
26 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura IC anunciou projectos vencedores de argumentos cinematográficos

      IC anunciou projectos vencedores de argumentos cinematográficos

      Júri seleccionou dois projectos. “Eu e o Meu Pai Motorista”, do realizador local Niko Ho, e “Silent Few”, de Li Jing, oriundo da província de Guangdong, foram os escolhidos e cada um dos recebeu um prémio no valor de 60 mil patacas. Os dois autores vão contar ainda com a ajuda da organização na participação em diferentes festivais de cinema.

       

      O júri do concurso “Argumentos em Foco 2021—Programa Avançado de Argumentos Cinematográficos” concluiu o processo de avaliação de seis projectos cinematográficos oriundos da província de Guangdong, Hong Kong e Macau e seleccionou dois projectos vencedores com o prémio de Melhor Argumento. Os escolhidos foram “Eu e o Meu Pai Motorista” de Niko Ho (Macau) e “Silent Few” de Li Jing (Guangdong), anunciou o Instituto Cultural (IC), na sexta-feira, em nota de imprensa enviada às redacções.

      Co-organizado pelo IC, pela Administração do Cinema da Província de Guangdong e pela Create Hong Kong, o regulamento do concurso estipulava que cada vencedor recebesse um prémio monetário no valor de 60 mil patacas.

      O projecto “Eu e o Meu Pai Motorista”, do realizador local Niko Ho, conta o dia-a-dia de uma família de três sustentada pela actividade comercial de uma frutaria e a vida após a passagem do tufão Hato, sendo este também um dos projectos cinematográficos seleccionados pela China Film Director’s Guild para integrar a lista de 20 melhores filmes do programa “Young Shoots”.

      Já “Silent Few”, do realizador Li Jing, é produzido com base na adaptação de uma história verídica, especificamente uma narrativa sobre o esforço e o contributo de um advogado especializado em assistência jurídica, na promoção do estabelecimento do sistema jurídico em regiões de etnias minoritárias da China.

      Agora, para além do prémio monetário a que tiveram direito, os dois autores vão contar ainda com a ajuda da organização na participação em diferentes festivais de cinema, no sentido de serem aproveitadas oportunidades e de atrair investimentos no mercado para finalizar a produção e apresentar os filmes ao público.

      O concurso “Argumentos em Foco”, de acordo com o seu regulamento, visa facultar orientações sobre argumentos, com o objectivo de fomentar o talento no âmbito da criação cinematográfica e de gerar um maior número de filmes criativos, a fim de estimular o desenvolvimento da indústria cinematográfica.

      Os candidatos ao programa receberam a selecção de candidatos locais e o curso de formação. Em Macau, foram seleccionados quatro candidatos ao programa para participarem no curso de formação que teve lugar entre Junho e Setembro de 2021, sob a orientação de cineastas experientes e consagrados do Interior da China, como foi o caso de You Xiaoying e Huang Ji.

      Estes dois projectos agora seleccionados são o resultado de uma avaliação de seis projectos, sendo dois de cada uma das três regiões. O júri, composto pelo ex-director assistente da Create Hong Kong Wellington Fung, pelo produtor de Hong Kong John Chong e pela guionista do interior da China Yuan Yuan seleccionou os dois vencedores com base em quatro critérios principais: tema e a criatividade do argumento, a narração, estrutura e ritmo do argumento, o design de personagens e diálogos do argumento, e integridade do argumento.

       

      PONTO FINAL

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau