Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Setembro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
27.9 ° C
28.9 °
27.9 °
89 %
6.7kmh
20 %
Qui
28 °
Sex
28 °
Sáb
29 °
Dom
29 °
Seg
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Aumento do tráfico de droga entre comunidades do sudeste asiático em Macau...

      Aumento do tráfico de droga entre comunidades do sudeste asiático em Macau preocupa ARTM

      Joana Chantre

      A Associação de Reabilitação de Toxicodependentes de Macau (ARTM), liderada por Augusto Nogueira, assinala um aumento do tráfico de droga entre comunidades do sudeste asiático, como a vietnamita e a indonésia. A associação tem vindo a reforçar os trabalhos de prevenção e de divulgação de informações junto destas comunidades.

       

      Augusto Nogueira, fundador e presidente da Associação de Reabilitação de Toxicodependentes de Macau (ARTM) será o orador no evento “Power Hour”, da Câmara de Comércio Australiana em Macau, que acontece hoje no Hotel St. Regis, pelas 18h30. A conversa será focada nos serviços oferecidos pela associação e também será feito um balanço da situação corrente do consumo de droga em Macau durante o período pandémico.

      Nogueira contou ao PONTO FINAL que vai falar sobre a associação que lidera e também sobre a descida do tráfico e consumo de cocaína, uma vez que a droga deixou de ser trazida através de Hong Kong devido ao encerramento das fronteiras. “Essa droga nao vem só de Hong Kong, mas uma grande parte do tráfico de drogas vinha de lá e era muito comum utilizarem miúdos menores de idade, que traziam o contrabando pensando que estavam isentos de responsabilidade, que não iam ser julgados”, lembrou o responsável da ARTM. Augusto Nogueira refere que são inúmeros os casos de jovens enganados pelos traficantes de droga dizendo-lhes que estão isentos de responsabilidade criminal nos olhos da lei.

      “São aliciados muitas vezes porque o preço de estupefacientes aqui é muito mais alto do que em Hong Kong, portanto julgavam que não havia o risco de serem presos, os miúdos julgavam que eram inimputáveis, mas na realidade não, porque em Macau existe um instituto de correção de menores para onde eles normalmente são enviados”, assinalou.

      Neste momento a tendência em Macau parece ser o tráfico envolvendo pessoas do sudeste asiático. “Neste momento tem-se notado um aumento de tráfico para Macau, entre as pessoas do sudoeste asiático, nomeadamente do Vietname e Indonésia, que têm vindo cada vez mais a dedicar-se ao tráfico de droga no território”, referiu, acrescentando: “Acho que todos temos visto nas notícias um elevado aumento de tráfico de droga, principalmente de metanfetamina, nesta comunidade”.

      O presidente da ARTM destacou a importância da associação para as comunidades locais. “A ARTM tem vindo a realizar bastantes palestras sobre a lei da droga de Macau para as associações da Indonésia, do Vietname, Myanmar, Filipinas, em cooperação com a polícia e com os escritórios de advogados, onde explicamos a lei de Macau e as consequências do tráfico ou consumo, etc.”, revelou o presidente da associação, acrescentando: “Talvez seja mais o desespero das pessoas e de terem de estar aqui sem poderem regressar, não têm trabalho e precisam de sobreviver, de comer e acabam por se deixarem desviar e arriscar para verem se arranjam algum dinheiro para poderem subsistir”, concluiu.

      A ARTM prepara, de momento, uma exposição de arte nas suas instalações, na Vila de Ká Hó, intitulada “Art of Healing”, que é a segunda parte do evento onde vão estar expostos 90 trabalhos artísticos de pessoas em reabilitação. As obras estarão também expostas em instituições da mesma natureza na China continental. A inauguração será este sábado, às 16h, e ficará patente até ao dia 22 de Novembro. O jantar anual da associação vai realizar-se no dia 11 de Dezembro, no Hotel Studio City. Os bilhetes já se encontram à venda, anunciou Augusto Nogueira.

       

      PONTO FINAL

      DEIXE UMA RESPOSTA

      Por favor escreva o seu comentário!
      Por favor, escreve aqui o seu nome