Edição do dia

Sexta-feira, 24 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
25.8 ° C
25.9 °
25.4 °
94 %
4.1kmh
40 %
Qui
26 °
Sex
26 °
Sáb
26 °
Dom
28 °
Seg
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeDeputados querem postos de testes particulares para pessoas com código amarelo e...

      Deputados querem postos de testes particulares para pessoas com código amarelo e funcionários do    jogo

      Devido ao aumento da necessidade de testagem de diversos grupos de pessoas, as autoridades devem criar mais postos de teste na comunidade dedicados aos residentes com Código de Saúde amarelo na comunidade, bem como nas instalações das operadoras de jogo, para atender aos funcionários do sector de jogo, defenderam Ella Lei e Leong Sun Iok.

      Os dois deputados ligados à Federação das Associações dos Operários de Macau (FAOM) indicaram numa nota de imprensa que muitas pessoas com código amarelo e funcionários de jogo, que têm de ser submetidos a teste obrigatório, queixam-se da falta de vagas nos postos de testagem. “Actualmente já foram designadas mais de 50 zonas de código amarelo, os moradores ali precisam de realizar vários testes durante uma semana. Por outro lado, a partir da sexta-feira, os indivíduos que entrem nos casinos devem possuir um resultado negativo de teste de ácido nucleico de 48 horas. A carga dos postos de teste, que tem um horário limitado de funcionamento, tornou-se mais pesada”, enfatizaram. É de salientar que as pessoas com código amarelo não podem convertê-lo no código verde caso não procedam ao teste de ácido nucleico a tempo, e os funcionários do sector de jogo não podem ir ao trabalho sem o certificado negativo de teste.

      De acordo com Ella Lei e Leong Sun Iok, embora fossem criadas filas especiais para as pessoas com código amarelo durante o actual teste em massa, o espaço nos postos é limitado e é difícil separar totalmente as áreas de colheita de amostras, pelo que o risco de infecção aumentou.

      Para a eventual nova ronda de teste em massa, os deputados esperam que sejam criados postos particularmente para indivíduos com código amarelo, de forma a facilitar os trabalhos nos postos gerais.

      Ella Lei e Leong Sun Iok pedem ainda às autoridades que estudem a possibilidade de os resultados de teste em massa sejam mostrados no Código de Saúde, com o objectivo de evitar a repetição de testes por parte dos residentes em resposta a diferentes necessidades sobre a prevenção pandémica e entrada em determinados locais, reduzindo o “desperdício de recursos públicos”, a deslocação e inconveniência dos cidadãos.