Edição do dia

Quinta-feira, 22 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
neblina
21.9 ° C
25.4 °
20.9 °
100 %
3.1kmh
75 %
Qui
23 °
Sex
21 °
Sáb
20 °
Dom
21 °
Seg
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Aulas presenciais dos ensinos não superior e superior recomeçam a 25 de...

      Aulas presenciais dos ensinos não superior e superior recomeçam a 25 de Outubro  

       

      Educação

      Se a situação de pandemia se mantiver estável, as aulas presenciais dos ensinos não superior e superior deverão ser retomadas no próximo dia 25 de Outubro, anunciou ontem a Direcção dos Serviços de Educação e de Desenvolvimento da Juventude (DSEDJ).

      Recorde-se que as aulas presenciais foram interrompidas durante quase um mês após a descoberta do primeiro de 12 casos de Covid-19 a 25 de Setembro.

      A DSEDJ alertou que as escolas e instituições devem implementar estritamente várias directrizes de prevenção contra a pandemia emitidas pela entidade e pelos Serviços de Saúde, não esquecendo de limpar e desinfectar completamente o campus antes de retomar as aulas.

      A entidade pública que regula a educação no território também revelou que, até agora, o número de professores e alunos que receberam pelo menos uma dose ou mais da vacina contra a Covid-19 no ensino não superior ultrapassou as 22 mil pessoas, ou seja, quase 80% do total das pessoas envolvidas. “A taxa de vacinação para alunos com mais de 12 anos é de cerca de 40%, enquanto que o número de professores e alunos que receberam pelo menos uma dose ou mais da vacina no ensino superior já excedeu 33 mil indivíduos”, referiu a DSEDJ em comunicado de imprensa.

      De igual modo, a partir de 25 de Outubro, todos os professores e funcionários de todas as instituições de educação do território, bem como alunos de instituições de ensino superior, devem apresentar prova de que receberam pelo menos uma dose da vacina ou apresentar um teste de ácido nucleico negativo com o prazo de sete dias. “As instituições privadas de educação continuada e os centros privados de assistência pedagógica suplementar também devem implementar as mesmas directrizes no mesmo dia, assim como retomar os cursos do plano de desenvolvimento da educação continuada”, acrescentou a DSEDJ.

      No sentido de aumentar a vacinação junto de alunos e docentes, principalmente em alunos a partir dos 12 anos, a DSEDJ, em conjunto com os Serviços de Saúde, vai levar a cabo diversas iniciativas de vacinação de proximidade nas escolas, desta vez já com os dois tipos de vacinas disponíveis, a inactivada chinesa da Sinopharm e a mRNA germânica da BioNTech.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau