Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
14.9 ° C
14.9 °
14.9 °
77 %
8.8kmh
40 %
Qui
15 °
Sex
16 °
Sáb
14 °
Dom
20 °
Seg
21 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura Aquino da Silva apresenta livro de caligrafia

      Aquino da Silva apresenta livro de caligrafia

      O artista, com mais de 10 anos de formação e trabalho na área, partilha com o público a sua experiência e trabalhos, bem como a história da caligrafia ocidental, numa terra onde impera a caligrafia chinesa. Aquino da Silva, que espera uma audiência de cerca de 50 pessoas, congratula-se pelo apoio que o Artyzen Grand Lapa está a dar aos artistas locais.

      O caligrafista Aquino da Silva apresenta o seu livro “Preserve Penmanship – Chapter 1 – Engrosser’s Script” no próximo dia 11 de Setembro, sábado, das 14h às 15h, no Vasco Bar & Lounge do hotel Artyzen Grand Lapa Macau, que tem vindo a apostar na promoção e divulgação das artes, com especial incidência nos artistas locais.

      “A cooperação com o Artyzen Grand Lapa é baseada na oportunidade que o hotel pretende construir com o mundo das artes em Macau. No dia da apresentação, representantes do hotel também compartilharão as suas reflexões sobre a cooperação com artistas. Espero que estejam presentes cerca de 50 pessoas, entre público e convidados”, começou por dizer ao PONTO FINAL Aquino da Silva, que anunciou a presença do holandês Rutger Verschuren, director-geral do hotel Artyzen Grand Lapa Macau.

      Com chancela da Macau Type Design Society e edição de Benny Tang, a obra passa a ser o “primeiro e único livro de caligrafia ocidental de Macau” e procura dar a conhecer o conhecimento e experiência de Aquino da Silva, um ponto de partida para a técnica ‘Engrosser’s Script’, originária do século XIX.

      “Faço caligrafia ocidental há mais de 10 anos e este é o meu primeiro livro. Com mais de 50 mil palavras escritas e uma extensa produção de manuscritos, espero que este livro possa trazer uma compreensão mais abrangente da arte da caligrafia, especialmente aqui em Macau”, referiu o autor.

      A obra, que começa já a ser pré-vendida este fim-de-semana, contém ainda trechos breves sobre a história da caligrafia ocidental, introdução às ferramentas e preparação para a escrita, desconstrução das letras em traços, juntamente com uma demonstração e explicação do método. A Macau Type Design Society considera que o livro “oferece algo novo para aprender, seja a um iniciante ou a um entusiasta experiente”.

      Haverá ainda espaço nas páginas de “Preserve Penmanship – Chapter 1 – Engrosser’s Script” para uma partilha de todo o processo de fabricação de canetas, bem como a uma introdução de réguas de caligrafia originais, peças populares, e ainda uma abordagem às tintas ferrosas usadas.

      No mesmo dia, das 15h30 às 16h30, o autor irá ainda promover um workshop de caligrafia no local. “Trata-se de uma oficina de degustação de caligrafia, se assim posso dizer. As pessoas serão convidadas a experimentar a caneta e a tinta, e eu farei demonstrações de escrita”, explicou Aquino da Silva.

      O mestre calígrafo norte-americano Michael Sull recomenda a obra de Aquino da Silva, considerando-a “notável enquanto guia de referência para todos”. “Ao ler o conteúdo e ao praticar as habilidades relacionadas com capítulos específicos, não tenha pressa e nunca se apresse. Permita que Aquino seja o seu mentor aqui e, através da sua orientação, certamente terá sucesso. Desejo-lhe uma jornada maravilhosa”, escreveu o antigo caligrafista do presidente Ronald Reagan.

      Já Kalo, igualmente especialista em caligrafia ocidental na região vizinha de Hong Kong, fala em “determinação” quando se refere a Aquino da Silva. “Admiro a sua dedicação à caligrafia e excelente estilo de escrita. A sua determinação de se destacar é reflectida pelo seu conhecimento e paixão para ensinar aos outros. Acredito que este livro será um recurso valioso para ajudar os alunos a construir uma base sólida”, admitiu a responsável pela Kalo Make Art, uma companhia da RAEHK que promove diversos workshops dedicados à caligrafia.

      Nascido e criado em Macau, Aquino da Silva é entusiasta da caligrafia ocidental, fabricante profissional de canetas, designer gráfico, atleta de judo e vegano. Desenvolveu a sua carreira na arte da caligrafia ocidental e a arte de fazer canetas hidrográficas. Já marcou presença em diversos países e cidades de onde destaca Hong Kong, Taiwan, Malásia, Singapura, Fukuoka e Tóquio, no Japão, onde esteve para compartilhar e trocar experiências e conhecimentos sobre caligrafia ocidental com artistas locais. Projectou as réguas de caligrafia populares para Engrosser and Spencerian’s Script em 2017, tendo já vendido cerca de 10 mil exemplares desde então para diversas partes do mundo como Reino Unido, Holanda, Polónia, Itália, Rússia, Áustria, entre outros países.