Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
16.9 ° C
16.9 °
16.9 °
82 %
3.1kmh
40 %
Qua
18 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Despesa dos visitantes no segundo trimestre aumenta 15,9%

      Despesa dos visitantes no segundo trimestre aumenta 15,9%

      No segundo trimestre deste ano, a despesa total dos visitantes em Macau foi de 7,16 mil milhões de patacas, o que se traduz num aumento de 15,9% face ao primeiro trimestre deste ano, indicou a Direcção dos Serviços de Estatísticas e Censos (DSEC). Estes valores excluem as despesas no jogo. A DSEC explica que o aumento se deve ao facto de o número de visitantes a entrar em Macau ter crescido 25,9% em termos trimestrais. Os turistas tiveram despesas totais de 6,38 mil milhões de patacas, o que revela um aumento de 14,1%. Já os excursionistas gastaram 777 milhões de patacas, mais 32%.

      A despesa ‘per capita’ dos visitantes no segundo trimestre cifrou-se em 3.271 patacas, descendo 8%, face ao primeiro trimestre de 2021. A despesa ‘per capita’ dos visitantes do interior da China correspondeu a 3.427 patacas, menos 6%, em termos trimestrais. A DSEC destaca que a despesa ‘per capita’ dos visitantes do Interior da China com visto individual (6.673 patacas) diminuiu 6,4%. Além disso, a despesa per capita dos turistas foi de 5.603 patacas, menos 7,9%, em termos trimestrais, contudo, a dos excursionistas aumentou 3,0% para 740 Patacas. A DSEC nota ainda que 65% das despesas ‘per capita’ foram em compras, 15,9% em alimentação e 15,4% no alojamento.

      Os resultados dos comentários ao inquérito mostram que a proporção dos visitantes satisfeitos com a higiene ambiental foi de 96,8% e com os equipamentos ou instalações públicos foi de 95,4%, ou seja, semelhante às do trimestre anterior. A proporção dos visitantes satisfeitos com os serviços dos hotéis e similares foi de 94,5%, tendo aumentado 0,3 pontos percentuais.

      A DSEC sublinha que 74% dos visitantes consideraram suficientes os pontos turísticos de Macau, mais 4,2 pontos percentuais. Por seu turno, as proporções dos visitantes satisfeitos com os serviços das lojas foi de 93%; com os serviços dos restaurantes e similares foi de 91,2% e com os serviços dos transportes públicos foi de 88,9% diminuíram todas 0,3 pontos percentuais, face às do trimestre precedente.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau